Bem-vinda à DREAM PLASTIC
Clínica referência em Cirurgia Plástica Especializada SP
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Silicone nos seios: 20 coisas para saber antes de dar aquela turbinada


Tempo de leitura: 13 minutos


Esclareça suas dúvidas!

silicone nos seios

 

O silicone nos seios é a melhor forma que as mulheres encontraram para ter seios bonitos, durinhos e empinados. Se você não aguenta mais ser refém do sutiã com bojo, com certeza também pensa em recorrer a esta cirurgia plástica.

Os esforços da Cristiane Friolle em tentar disfarçar ou até mesmo esconder os seus seios eram vários, alguns até muito criativos.

O objetivo aqui era sempre o mesmo: não sair de casa sem um sutiã de bojo e nunca, em hipótese alguma, usar uma blusinha decotada ou com gola em “v”…

Só quem tem seios pequenos sabe o que é sonhar em ter um colo bem marcado e poder usar um biquíni na praia sem medo de ser feliz. Mas, na realidade, o verdadeiro problema era ter que encarar as suas amigas (peitudas) em passeios como esses.

Na conquista por um homem bonito na balada, a Cristiane sempre se via em desvantagem. Afinal, qual homem ia preferir uma mulher sem peito ao invés de escolher uma das peitudas? Competir de igual para igual era quase impossível nesses casos.

Por esse e outros motivos que ela decidiu colocar silicone nos seios.

Não é a toa que a mamoplastia de aumento está entre as cirurgias mais realizadas no Brasil e até mesmo no mundo!

Medo de encarar o espelho, baixa autoestima, sentimento de inferioridade, vergonha, insegurança, insatisfação com o tamanho dos seios, sexualidade prejudicada…

Você já sentiu isso? Já teve vontade de ter os “seios perfeitos com silicone“?

Hoje com seis meses de operada, a Cristiane confessa que não sente nenhum arrependimento de ter colocado silicone nos seios. O único arrependimento é de não ter feito isso antes.

E essa satisfação com o resultado do implante de silicone, com certeza, deve-se ao fato dela ter escolhido uma boa clínica de cirurgia plástica em São Paulo.

Mas, assim como qualquer mulher em seu processo de escolha, a Cristiane teve muitas dúvidas sobre:

  • Como encontrar o cirurgião certo
  • Como escolher o formato de prótese de silicone
  • Como será a cicatriz e muitos outros questionamentos

 

Você também deve ter dúvidas sobre o assunto, por isso separamos tudo o que você precisa saber antes de colocar silicone nos seios. Confira a apresentação ilustrada:

 

 

Então continue lendo esse artigo, porque nele você vai conhecer outras curiosidades sobre implantes de mama.

 

1. Nem todos os cirurgiões são certificados para colocar silicone

consulta cirurgia de silicone

 

O cirurgião plástico é um profissional que estará diretamente em contato com você durante a cirurgia de silicone. Será ele o responsável por indicar as melhores técnicas e procurar alcançar o melhor resultado.

No entanto, nem todo médico é especializado para realizar tal procedimento. Infelizmente existem os profissionais de mau-caráter que querem ganhar à custa da inocência das pacientes. Por isso é importante que você opte ser operada apenas por cirurgiões certificados.

Quando você for escolher um médico para colocar implante de silicone nos seios, saiba que há três características básicas que ele precisa ter. E, para você confirmar isso:

  1. Verifique se o cirurgião é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  2. Confira se ele é certificado pelo CREMESP e possui o registro do CRM (Conselho Regional de Medicina).
  3. Investigue o que as suas pacientes falam a respeito dele, se há indicações.

 

Em seguida, certifique-se de que o cirurgião tem a experiência adequada para realizar a cirurgia de silicone. Agende uma consulta para ter uma ideia da abordagem do cirurgião. E converse com outras pacientes que têm seios com silicone.

 

Quer participar de um grupo exclusivo de pacientes que já colocaram silicone nos seios? Troque experiências! Clique no botão abaixo e você será direcionada para a página no Facebook.

 

Eu quero ver os resultados das mulheres que já operaram

 

 

E lembre-se: se preocupe em selecionar os melhores cirurgiões plásticos de SP, para garantir a segurança e ótimos resultados.

 

2. Consulta antes da cirurgia de silicone

 

Assim que você se decidir por colocar silicone nos seios o ideal é procurar, o quanto antes, por um cirurgião plástico da sua confiança.

Na consulta, você vai contar a sua expectativa de resultado: se quer seios pequenos com silicone, algo mais natural, ou seios grandes com silicone, algo mais ousado.

Além disso, o médico vai solicitar uma bateria de exames para ter certeza que você pode se submeter a uma cirurgia de silicone. Exames como:

  • Ultrassonografia das mamas ou uma mamografia
  • Sangue: hemograma, coagulograma, glicemia
  • Urina: urina de rotina e urocultura
  • Eletrocardiograma

 

Os resultados desses exames servem também como um parâmetro para os seus futuros exames mamários após a cirurgia, por isso é sempre bom guardá-los por vários anos.

Separamos algumas perguntas para você fazer ao seu médico, na primeira consulta. Veja todas elas no post “10 perguntas que você deve fazer para seu cirurgião plástico“.

 

3. Você tem que escolher entre três formatos de implantes de silicone diferentes

 

silicone formatos

 

Que as próteses de silicone aumentam o volume dos seios, isso todo mundo já sabe. Mas o que muitas pacientes só descobrem na hora da consulta é que, além dos tamanhos, existem diferentes formatos de próteses, que são:

 

Prótese Cônica ou Perfil Superalto: tem a menor base e a maior projeção no centro da prótese. Normalmente, é indicada para mulheres que tem o tórax estreito e os seios pequenos.

 

Prótese Redonda ou Perfil Alto: não tem tanta projeção, comparado com a anterior, mas preenche bastante e deixa o colo bem marcado. Este é indicado para quem tem o tórax um pouco mais largo.

 

Prótese Anatômica ou Silicone Formato Gota: esta opção tem o perfil que imita ao formato natural dos seios de uma mulher. Não é muito utilizado em estética, somente em cirurgias para reconstruir a mama após perda total.

 

Vale lembrar que é fundamental ter um médico especialista e bem experiente para orientá-la de acordo com as opções existentes. Saiba mais detalhes no texto: Tipos de prótese de silicone para mamas

 

4. Dúvida cruel: qual tamanho de silicone é o ideal?

 

É muito comum você querer ver fotos de antes e depois de seios siliconados ou até pedir a opinião de outras pessoas quando o assunto é silicone e tamanhos. Porém, muito cuidado!

Você não pode entrar em uma consulta e dizer: “Oi doutor, eu quero colocar 500ml de silicone”

Não é assim que funciona. Você e o seu cirurgião irão decidir juntos qual tamanho é o melhor. Seu médico levará em consideração o diâmetro do tórax e a forma do peito, tecido mamário e uma série de outros fatores antes de recomendar as opções.

 

5. Pode surgir alguma perda da sensibilidade após a colocação de silicone nos seios?

 

silicone seios

 

Perda de sensibilidade nos mamilos pode ocorrer em cirurgia de silicone realizada na região dos seios. E, principalmente, quando a prótese é colocada através da aréola.

Algumas mulheres com os seios siliconados relatam que houve uma diminuição na sensibilidade da região. Mas, na maioria das pacientes, ela é recuperada em torno de seis meses depois.

 

6. E sobre a cicatriz do silicone nos seios, você quase não vai ver

cicatriz silicone seios

 

Se você está com medo da cicatriz estragar o resultado da sua cirurgia de silicone, fica tranquila! Com o tempo, as cicatrizes ficam quase imperceptíveis (na maioria dos casos).

Contudo, também há uma preocupação em escolher locais específicos para deixar essas marcas de corte bem escondidas, que são:

  • pela axila (incisão axilar)
  • pela aréola (incisão periareolar)
  • abaixo dos seios (incisão inframamária)

 

O cirurgião plástico vai definir junto com você qual incisão ficará melhor.

Clique aqui e conheça detalhadamente os tipos de incisões

7. Você pode deixar os seus seios siliconados bem marcados ou, se preferir, com a aparência mais natural

 

Gosto não se discute, certo? Pois então, cada mulher deseja que os seus seios siliconados fiquem de um determinado jeito.

Muitas pacientes têm medo que o silicone nos seios deixe as suas mamas com a aparência artificial (muito exagerados).

Outras querem justamente o contrário, preferem que as mamas fiquem grandes e chamativas.

Para atender os gostos de cada paciente, existem técnicas para depositar a prótese e deixá-las mais marcadas ou mais discretas.

 

seios siliconados

 

Por baixo do músculo (submuscular): é quando o cirurgião plástico levanta o músculo peitoral para colocar o implante. Uma opção que é indicada para quem deseja resultados mais discretos.

 

Por cima do músculo (subglandular): o implante é colocado abaixo das glândulas mamárias e por cima do músculo. Essa técnica é ideal para quem deseja deixar os seios bem marcados.

 

Subfascial (o meio termo): o silicone é colocado entre a glândula mamária e o músculo.

 

Para conhecer mais sobre essas três técnicas de posição do implante, clique aqui.

 

8. Para colocar silicone nos seios, geralmente, você só vai precisar ficar alguns dias afastada do trabalho

 

Você ainda não estará 100 % depois de sete dias, mas estará bem o suficiente para voltar a fazer pequenas coisas e movimentos mais leves. É claro que se o seu trabalho requer movimentos bruscos, então é melhor ficar mais alguns dias afastada.

No entanto, se o implante de silicone nos seios foi colocado por trás do músculo, a recuperação será um pouco demorada e você pode sentir a região dolorida por mais tempo. E, portanto, ficará mais dias em casa.

Vale ressaltar que para ter uma recuperação rápida depende muito de você e do seu comportamento. Por isso é preciso seguir, rigorosamente, as orientações do seu cirurgião após a cirurgia.

As principais recomendações médicas são:

  • Seja cuidadosa: durante 30 dias não pratique atividades que exijam esforço, como realizar exercícios físicos, pegar peso, correr, pular… Além disso, evite também expor-se ao sol, levantar os braços acima da altura dos ombros.
  • Sutiã pós-operatório: usar por, pelo menos, 60 dias podendo ser prolongado dependendo das orientações do seu cirurgião.
  • Posição para dormir: não durma de bruços nos primeiros dias após o procedimento. Durma sempre de barriga para cima e com almofadas nas costas para deixar o troco mais alto.

 

Este foi apenas um resumo do que deve ser feito, entretanto é importante que você conheça outras orientações para o seu pós-operatório.

 

9. Não se esqueça dos itens que você precisa levar no dia da sua cirurgia de silicone…

 

  • Guia de internação e todos os resultados dos exames realizados no pré-operatório
  • Documento de identificação com foto (RG ou CNH)
  • Itens pessoais de higiene, como escova de dente, sabonete, absorvente, entre outros
  • Sutiã cirúrgico
  • Além disso, é necessário que, no momento da alta do hospital, você esteja com roupas fáceis de vestir. Dê preferência para camisas de abertura frontal, calças com cós elástico e sapatos baixos como sapatilhas, chinelos ou rasteirinhas.

 

10. Nem toda mulher pode colocar silicone nos seios

 

Você deve estar pensando: como assim nem toda mulher pode colocar silicone nos seios?

Calma! O ideal é que a cirurgia seja realizada em mulheres que já passaram pelo período da adolescência, ou seja, quando já desenvolveram suas mamas por completo.

Por isso, o indicado é recorrer a esta cirurgia após os 18 anos, abaixo desta idade, deve haver uma autorização dos pais.

Entretanto, em alguns casos, com uma avaliação médica é possível a jovem conseguir operar com 16 anos, mas mesmo assim é  necessário já ter o desenvolvimento completo das mamas.

 

11. Use as fotos de seios com silicone, que você encontrou na internet, somente como uma referência

 

pesquisar seios lindos com silicone

 

É normal querer ver fotos de seios lindos com silicone, mas você não pode acreditar que aquele resultado bonito vai fica igual, mesmo você escolhendo tamanhos idênticos. Isto porque cada mulher possui características diferentes e isso conta muito na hora do resultado final.

Portanto, as imagens devem servir apenas como referência e um estímulo para você fazer a cirurgia.

Outro ponto importante: os simuladores de cirurgia plástica que existem na internet ou até mesmo em alguns consultórios, também não servem como parâmetros reais de resultado.

Sendo assim, a melhor maneira de você saber o que é possível conseguir é conversando com o seu médico durante a consulta de avaliação.

 

12. Só tem uma forma de o silicone nos seios prejudicar a amamentação, mas mesmo assim é só uma hipótese

 

peitos com silicone e amamentação

 

Esse é o maior dilema entre as mulheres: a prótese impede a amamentação ou não?

Na maioria dos casos não! No entanto, se você colocar a prótese por meio da incisão areolar, então há um pequeno risco do procedimento danificar os ductos mamários e, consequentemente, na capacidade de amamentar.

Porém, as mulheres que optaram pela incisão abaixo da mama (a mais comum) ou pela axila não correm esse risco.

Leia o texto e obtenha mais informações, clique: Mitos e verdades sobre o silicone e a amamentação

 

13. Como evitar o surgimento das estrias nos seios siliconados

 

hidratar seios silicone

 

A prótese de mama pode dar estrias? Infelizmente, pode sim!

Talvez você não se importe que apareçam as estrias, desde que os seus seios estejam grandes com silicone. Porém, algumas mulheres têm pavor de pensar que isso pode acontecer. Mas calma! Com a alimentação certa e o uso de produtos para hidratar a pele, essas marcas podem ser evitadas.

Na consulta pré-operatória, o médico vai avaliar três coisas:

  • o volume a ser implantado
  • a idade da paciente
  • e se ela já tem estrias

 

A recomendação primordial é hidratar sempre a pele. Mesmo antes da plástica você precisa utilizar cremes e óleos corporais para reforçar a hidratação da sua pele.

Após o procedimento cirúrgico, continue hidratando a região, mas converse com seu médico e pergunte qual o creme mais indicado e se você já está liberada para usá-lo.

Entretanto, vale lembrar que um dos causadores das estrias é colocar uma prótese maior do que a sua pele pode aguentar. Por isso, evite o exagero no tamanho e siga a recomendação de volume indicada pelo cirurgião.

 

14. Você tem que saber que os peitos com silicone pode ter uma sensação natural ao toque

 

A tecnologia utilizada nos implantes mais modernos permite que a consistência do silicone nos seios seja agradável, além disso, a sua textura e densidade são parecidas com a do tecido mamário, o que traz uma aparência mais natural aos seios, mesmo quando são tocados. Ainda mais se for colocado por baixo do músculo.

O material interno da prótese, geralmente, é feito de silicone em forma de gel altamente coesivo, por isso em caso de ruptura o material não se espalha pelo organismo.

 

15. O silicone levanta os seios e corrige a flacidez?

 

silicone levanta os seios

 

Depois da gravidez é comum as mulheres recorrerem a mamoplastia de aumento para dar mais firmeza às mamas. Mas será que somente o implante é capaz de resolver o problema de flacidez?

Na maior parte dos casos é necessário fazer uma mastopexia, que é um procedimento para levantar as mamas com a retirada de pele que está “sobrando”. Esta pode ser associada com a inclusão de uma prótese de aumento.

Quando esses dois procedimentos são realizados em conjunto, o cirurgião consegue corrigir a flacidez. No entanto, para esses casos a cicatriz fica um pouco maior.

Entenda aqui como funciona a mastopexia

 

16. Futuramente, será preciso trocar a prótese de silicone?

 

Essa dúvida é bastante comum, pois antigamente as próteses eram feitas de outro material, que exigia que a prótese fosse trocada após 10 anos de uso.

Mas para a alegria de todos, hoje, as próteses estão muito mais modernas e por isso não existe um limite de tempo de uso, portanto, não é mais obrigatório trocá-las. A não ser que aconteça uma contratura capsular ou ruptura. 

 

17. Seios grandes com silicone pode afetar a sua postura ou trazer dor nas costas

 

Seios grandes com silicone

 

Se você escolher um tamanho de implante proporcional ao seu corpo, a sua postura ou coluna não serão prejudicadas. No entanto, se você escolher implantes grandes, você vai sentir os efeitos negativos posteriormente.

Muitas mulheres passam por esta situação: colocam uma quantidade maior do que o corpo pode suportar e depois surge o arrependimento. Por isso é importante ouvir a opinião de um bom profissional.

 

18. Que tipo de anestesia é usada no implante de silicone nos seios?

 

Questione seu médico sobre a anestesia utilizada na cirurgia de silicone . Aproveite para tirar qualquer dúvida que tenha sobre esse assunto, por exemplo, como a anestesia será administrada e quem fará isso.

VOCÊ SABIA? Em 2006, o Conselho Federal de Medicina (CFM) tornou obrigatório a Avaliação Pré-Anestésica. Sendo assim, toda clínica de cirurgia plástica em São Paulo precisa oferecer esse serviço aos seus pacientes. Mas infelizmente, muitas clínicas não cumprem essa lei, expondo a paciente a sérios riscos.

Aqui na Dream Plastic, você tem o direito de passar em uma consulta com o anestesista da equipe, dias antes da cirurgia.

 

19. A sua cirurgia para colocar silicone nos seios, vai custar…

 

seios silicone preço

 

Sabemos que o preço da cirurgia para colocar silicone nos seios é algo que pesa bastante na decisão de quem vai fazer, mas é importante que este não seja o único fator analisado.

É necessário mesclar um bom preço com qualidade e segurança.

De qualquer forma, é importante deixarmos bem claro que os cirurgiões e as clínicas não podem divulgar o preço, sem antes a paciente ter passado em uma avaliação presencial.

Entretanto, o valor total inclui outros custos importantes, tais como:

  • Internação
  • Anestesia e todo aparato cirúrgico
  • Cirurgião Plástico
  • Anestesista
  • Equipe médica
  • Medicamentos
  • Próteses de silicone

 

Confira aqui uma média de preços das principais cirurgias plásticas 

 

20. Hospital ou clínica? Saiba onde será feita a cirurgia de silicone

 

cirurgia de silicone

 

O mais seguro, recomendado e até mesmo prudente, é que a sua cirurgia de silicone seja feita em um hospital devidamente equipado para a realização de procedimentos estéticos.

É muito importante que você analise as condições do local que será feito o procedimento. E, principalmente, se o local segue as normas exigidas pela ANVISA.

Não coloque sua vida e segurança em risco!

Conheça aqui por que os cirurgiões plásticos especialistas realizam o procedimento somente em hospitais

 

Operar na própria clínica pode até parecer uma solução simples, porém pode colocar a sua vida em risco.

É por este motivo que, apesar das amplas e modernas instalações que a Dream Plastic tem em São Paulo, realizamos somente as consultas de pré e pós-operatório. Procedimento cirúrgico somente em hospitais. Faça a sua parte e escolha clínicas que coloquem a sua segurança em primeiro lugar!

 

Ainda ficou alguma dúvida?

 

Marque uma consulta com o cirurgião plástico da Dream Plastic e ele responderá pessoalmente.  

Na sua consulta de avaliação o médico pode esclarecer mais detalhes sobre a colocação de silicone nos seios. Não perca mais tempo, entre em contado conosco e agende agora! Aqui você tem a garantia de ser atendida por um cirurgião plástico especializado:

 

Marque consulta cirurgia silicone seios

Esclareça suas dúvidas!!

 

Informações adicionais
Silicone nos seios: 20 coisas que você precisa saber antes de dar aquela turbinada
Nome do artigo
Silicone nos seios: 20 coisas que você precisa saber antes de dar aquela turbinada
Descrição
Silicone nos seios vai levantar a sua autoestima! Desvende as principais dúvidas sobre a cirurgia de silicone e deixe lindo os seus seios com silicone.
Publicado por
Empresa
Plástica do Sonho
MARQUE SUA CONSULTA POR WHATSAPP

Facebook Dreamplastic

Receba Nossa Newsletter – #ficadica Dream Plastic

Fique por dentro de todas as novidades sobre Cirurgia Plástica, cuidados com sua beleza e os assuntos que mais bombaram nas redes sociais







Diretor Técnico Dr. Flavio Garcia – CRM-SP 104.850

Cirurgias de Mama