Sequel: A bota pneumática que ajuda a prevenir trombose venosa profunda durante a cirurgia


bota pneumatica
Conheça o CPI!

Sabia que o Sequel pode te ajudar a ter uma cirurgia mais segura?

Se tem algo que é o terror das pacientes que vão fazer cirurgia é a hora H, até porque ainda há um estigma de que a operação pode causar diversas complicações, como tromboses, por exemplo.

Não é à toa que recebemos inúmeras dúvidas sobre se é possível evitar as tromboses venosas e suas consequências.

E, de fato, longas cirurgias podem aumentar as chances de uma obstrução nos vasos sanguíneos, mas…

É possível que essas chances diminuam – e muito!

Quer saber como ter uma cirurgia beeeem mais tranquila usando o Sequel? Então continue lendo esse texto e descubra!

Esclareça suas dúvidas!

O que é o aparelho de compressão pneumática intermitente?

O aparelho de compressão pneumática intermitente (CPI) funciona como uma espécie de bomba que simula a contração muscular, tal qual a de uma caminhada, a fim de manter a circulação sanguínea dos membros inferiores ativa durante a cirurgia com o intuito de diminuir a aparição de trombose venosa profunda.

sequel
Veja.

Este aparelho é de grande importância em casos em que:

  • A cirurgia dura mais de 3 horas;
  • A paciente já tenha predisposição a ter TVP ou já passou dos 40 anos;
  • A anestesia utilizada é a geral.

Isso porque a não movimentação dos membros inferiores por grande período de tempo – principalmente em pacientes que já possuem problemas circulatórios – causa dificuldade de bombeamento sanguíneo e, consequentemente, a trombose venosa profunda.

O aparelho de compressão pneumática mais utilizado é o Sequel.

O que é Sequel na cirurgia?

O Sequel é um acessório cirúrgico que funciona como um compressor pneumático. Primeiramente você coloca a meia de compressão e, por cima, uma espécie de bota fechada por velcro e conectada ao aparelho.

compressor pneumatico
Veja o que ele faz.

Ao ligar, o Sequel inicia um processo de inflar e desinflar, simulando uma caminhada e esta ação mantém a circulação ativa.

Isto quer dizer que durante a cirurgia, o Sequel vai aplicar uma compressão sequencial nos membros inferiores para ajudar na prevenção da Trombose Venosa Profunda. Além disso, ele estimula o fluxo arterial e ajuda a reduzir a dor e o inchaço pós-cirúrgico.

O aparelho Sequel é usado desde o início da cirurgia e segue com a paciente para o quarto.

O que é o Vennopress?

O Vennopress é um dos aparelhos de compressão pneumática, Na cirurgia, ele funciona como uma espécie de massageador que estimula a pressão nos músculos dos membros inferiores, mantendo a circulação sanguínea ativa e diminuindo as chances de ocorrência de trombose.

vennopress
Conheça o Vennopress.

Simulando a compressão muscular como a de uma caminhada, o Vennopress mantém a circulação ativa em cirurgias longas e em pacientes que tenham uma predisposição a desenvolver os trombos.

Seu uso é acompanhado junto de uma meia compressiva que, mesmo após o término da cirurgia, deve ser usada pelo período determinado pelo cirurgião.

O que é Plebho Press?

O Plebho Press é um aparelho de compressão pneumática, que simula a contração muscular de uma caminhada durante uma cirurgia e evitando que, após a operação, surja o aparecimento de trombose venosa profunda devido a falta de irrigação sanguínea na área.

phlebo press
Conheça o Plebho Press.

Além de dificultar o aparecimento dos trombos, a bota de compressão pneumática da Plebho Press ajuda a melhorar a recuperação, reduzindo o inchaço e a dor no pós-operatório.

Você sabia?

Aqui na Dream Plastic, o aparelho de compressão pneumática intermitente usado é o Sequel e nós fazemos questão de usá-lo em todas as grandes cirurgias, já que ele, de fato, diminui as chances de trombose em até 60%.

Como a bota pneumática funciona?

A bota de compressão pneumática intermitente funciona como uma bombinha que massageia os membros inferiores e gera o retorno venoso, impedindo que ocorra a formação de trombos e, consequentemente, embolia pulmonar. 

bota pneumatica
Veja como ela funciona.

O retorno venoso nada mais é que a volta do sangue ao centro do corpo, mais precisamente ao coração.

Ficou confusa? Calma que a gente explica!

O sangue é bombeado pelo coração carregado de oxigênio e nutrientes que são levados a todas as partes do nosso corpo, seja a cabeça, os braços ou as pernas e irrigam essas áreas através daqueles vasos fininhos chamados de capilares.

Acontece que esse sangue deve retornar ao coração para continuar esse ciclo, mas como ele faz esse retorno?

Simples, pela atividade muscular! Quando andamos ou mexemos nossa mão, por exemplo, criamos uma contração muscular que leva esse sangue de volta ao centro do corpo.

Porém se ficarmos muito tempo em uma mesma posição, como acontece durante a cirurgia, o sangue fica paradinho lá naquelas extremidades e essa concentração pode gerar a formação de trombos, que nada mais é que o sangue coagulado que obstrui as veias.

Essa condição pode se desenvolver em uma trombose venosa profunda que pode obstruir as artérias e gerar a embolia pulmonar.

Logo, o uso das botas pneumáticas, como o Sequel, ajudam a evitar que esses músculos fiquem sem retornar o sangue ao coração e cause uma complicação gravíssima como essa.

O que o compressor pneumático faz na cirurgia?

O uso do compressor pneumático na cirurgia impede que ocorra a obstrução dos vasos sanguíneos devido à inércia dos músculos e, consequentemente, o não retorno venoso causando, assim, a trombose venosa profunda e uma embolia pulmonar.

aparelho compressao pneumatica intermitente
Será que o CPI é importante?

Neste texto nós falamos melhor sobre o que causa a embolia pulmonar.

O uso da bota de compressão pneumática intermitente, ou CPI, garante que pacientes que passaram muitas horas deitados, sem a atividade muscular, tenham complicações graves.

Por mais que seu uso seja abrangente dentro da cirurgia plástica, ela também é usada como forma de fisioterapia em pacientes em coma, por exemplo.

Inclusive, alguns dados importantes é que o uso de Sequel em um paciente em cirurgia pode diminuir em até 60% a chance daquele paciente desenvolver os trombos.

Enquanto, em pacientes que não usaram o Sequel nas cirurgias, a aparição de trombos ocorreu em cerca de metade dos casos (50%).

Quando o Sequel é usado na cirurgia?

O Sequel para cirurgia é usado como uma medida preventiva em pacientes que apresentam fatores de risco. Aliás, para evitar ao máximo possíveis intercorrências antes de realizar a sua cirurgia, você deve passar em consulta com um cirurgião plástico especializado e um anestesista, ambos com experiência em plástica.

evitar trombose apos cirurgia
Veja.

Eles pedem exames pré-operatórios e fazem algumas perguntas para saber suas necessidades e condições de saúde. Com isso, o médico vai saber o tempo estimado da cirurgia.

No caso de ser superior a 3 horas ou usar anestesia geral, o cirurgião pode recomendar o uso do Sequel, aparelho que vai manter a circulação ativa em longos períodos de imobilização. Este é o principal motivo, pois assim prevenimos a temida trombose, ou TVP, como também é conhecida.

Mas quando a paciente tem vários fatores de risco, como ser fumante, ter varizes nas pernas, tomar hormônios como os anticoncepcionais e estar acima do peso, já são motivos de alerta para o uso do Sequel.

Qual a sensação de usar o Sequel durante a cirurgia?

Não gera nenhum incômodo e é até muito confortável, pois funciona como uma espécie de massageador para as pernas. A sensação é de ter uma almofadinha inflando e desinflando na sua perna.

Em geral, as pacientes não sentem o uso do Sequel, porque o aparelho é colocado logo após a anestesia e é retirado ainda no centro cirúrgico, mas se elas sentissem, seria como uma leve massagem na região.

Ao receber alta, a paciente sai com a meia de compressão que deverá ser usada por cerca de 30 a 60 dias, seguindo a orientação do seu cirurgião plástico.

Como funciona a meia para evitar trombose?

Quando usada da forma correta, a meia de compressão para evitar trombose funciona ajudando o retorno sanguíneo. Elas são mais apertadas nos calcanhares e empurram o sangue e o fazem retornar para o centro do corpo, o que diminui o risco de formação de trombos nas pernas.

meia evitar trombose
Veja.

As meias para evitar trombose devem ser usadas da forma correta, acompanhando o uso do aparelho durante a cirurgia e, após ela, seguindo as indicações médicas, sendo removidas somente para o banho.

Ainda com dúvidas? Aqui na Dream Plastic temos um grupo com mais de 100 mil mulheres que já passaram pelo uso do Sequel e das meias compressivas e que compartilham sua experiência!

Veja:

Sequel

Por quanto tempo usar a meia de compressão após a cirurgia?

A meia de compressão deve ser usada por cerca de 30 a 60 dias após a cirurgia e a descontinuidade de seu uso deve ser indicada pelo cirurgião. É preciso usar a meia de forma contínua até mesmo para dormir, só sendo retiradas para o banho.

meia compressao pos operatorio
Veja.

Dependendo da paciente e de seu quadro clínico, o cirurgião pode encurtar ou prolongar o uso das meias.

Quais são as orientações para o uso da meia pós-operatória?

A meia pós-operatória deve ser usadas da seguinte forma:

  • A meia não pode estar inversa, por isso, vire ela caso estiver do avesso.
  • Colocar a meia até o calcanhar e esticá-la ao tornozelo.
  • É necessário ajustar ela no calcanhar e no pé.
  • Lembre-se que a parte menor deve ficar na região do pé.
  • Após isso é só esticar até o restante da perna, ajustando se necessário.
meia pos operatorio
Conheça as orientações.

As meias devem ser usadas diariamente até a liberação médica e, se for notado algo de estranho na região ou se acontecer algo com a meia, como se ela furar, é necessário avisar o médico.

Geralmente, a medida das meias é de ¾ ou ⅞, sendo seu tamanho o recomendado pelo cirurgião.

Qual o preço do Sequel?

O preço para alugar o equipamento Sequel é de cerca de R$500 (Maio/22) em média, incluindo as meias compressivas. O valor do aparelho de compressão pneumática intermitente é incluso no preço total da cirurgia plástica e pode variar de acordo com a região e com alguns outros fatores.

sequel preco
Veja quanto custa.

Geralmente, o Sequel é um aparelho próprio do hospital, sendo somente necessário alugar o aparelho e não comprá-lo.

O preço do Sequel não é o único ponto para se observar

Se engana quem acha que o único ponto a se observar é o preço do Sequel. Há pontos que são indispensáveis para uma boa cirurgia, são eles:

  • Experiência da equipe de cirurgia: A experiência é essencial para uma cirurgia segura e com bons resultados, eles podem dar boas orientações que farão a diferença na hora da sua recuperação.
  • Equipe de anestesia: O ideal para uma boa operação é um bom pré-operatório e uma avaliação anestésica completa, e isso só é possível com uma equipe de anestesista própria da clínica.
  • Local de operação: A cirurgia só deve ser feita em ambiente hospitalar, nada de operar em clínicas ou consultórios, isso é necessário para a segurança da operação.
  • Estrutura de pós-operatório: Uma boa clínica tem estrutura para garantir a segurança e um bom resultado, com canais de atendimento disponíveis para te ajudar a não ter trombose – e outras complicações -, essas clínicas possuem uma equipe de enfermagem disponível para atendimento de qualquer dúvida.

Por isso, se seu sonho é fazer uma cirurgia, mas ainda tem medo de “cair no bisturi” por causa da trombose…

Fale com um cirurgião plástica para tirar tooooodas as suas dúvidas sobre o uso do Sequel e como evitar a trombose. Para isso é bem fácil, basta clicar no ícone do WhatsApp no topo da tela e marcar um horário com os cirurgiões que fazem parte da clínica que é referência.

Esclareça suas dúvidas!

Gostou de saber mais sobre o Sequel? Compartilhe este conteúdo com mais pessoas!


Instagram Plástica do sonho

Selo Google
Selo Instagram
Selo Elogieaki
Selo Facebook
Selo Top quality
 
MARQUE SUA CONSULTA POR WHATSAPP





Quer receber informações confiáveis sobre cirurgia plástica?

Faça como milhares de mulheres, cadastre-se agora e receba dicas de médicos especialistas!