Riscos da mamoplastia redutora: tudo que você precisa saber antes de fazer a cirurgia!


mamoplastia redutora
Saiba como evitar problemas na mamoplastia redutora.

 

Quais são os riscos da mamoplastia redutora? É uma cirurgia segura? Eu posso fazer?

 

Essas são dúvidas comuns para quem pensa em levantar os seios com cirurgia plástica

 

Afinal, a mamoplastia redutora e a mastopexia são cirurgias que vão mexer com o nosso corpo. Então, nada mais justo nos preocuparmos, concorda?

 

Contudo, ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, na cirurgia de redução de mama, os riscos podem ser, em sua maioria, prevenidos ou bem controlados, contanto que você siga algumas orientações. 

 

E isso não é papo de médico!

 

Existem dois tipos de riscos da mastopexia e da mamoplastia:

 

1 – Riscos gerenciáveis: que podem ser evitados pela paciente.

2 – Riscos inerentes à técnica cirúrgica: próprios da cirurgia.

 

Quer saber quais são os principais riscos? Como evitá-los? 

 

Então venha com a gente, preparamos um conteúdo COMPLETO para tirar todas as suas dúvidas sobre os riscos da mamoplastia redutora

 

 

 

Temos certeza que depois de ler esse texto você vai se sentir muito mais segura para fazer sua cirurgia de redução de mama. 

 

Quais os riscos de uma mamoplastia redutora?

 

Na cirurgia de redução de mama, riscos comuns são dores de cabeça, na região dos seios, leves sangramentos, hematomas e perda de sensibilidade temporária no mamilo. Porém, esses fatores tendem a desaparecer de acordo com a recuperação. Além desses, é possível que a paciente apresente ainda, queloide, infecção, necrose ou trombose.

 

cirurgia reducao mama riscos
Esses são riscos mais sérios Porém que podem ser evitados.

 

É sobre esses últimos problemas com mastopexia e mamoplastia redutora que vamos falar!

 

Afinal, são os mais preocupantes. 

 

Necrose após mastopexia e mamoplastia

 

A necrose é a perda da viabilidade biológica de um tecido, no caso, tecido cutâneo. Ela ocorre quando as células de uma determinada região do corpo deixam de receber oxigênio suficiente. É incomum acontecer necrose na mama após a mamoplastia (a possibilidade é em torno de 1%), no entanto, se ocorrer, pode ser por dois motivos:

 

necrose mastopexia
Confira:

 

1 – Devido à cicatriz 

 

A cicatriz da mastopexia e a cicatriz da mamoplastia geralmente tem o formato de um T. Você pode conferi-las no link. 

 

Se houver dificuldade para que a cicatriz receba a quantidade adequada de sangue e oxigênio, pode haver dificuldade na cicatrização e necrose. 

 

Geralmente, fatores que interferem na cicatrização e podem levar à necrose são: tabagismo e diabetes. 

 

2 – Devido a questões inerentes à anatomia

 

A estrutura do corpo responsável por levar oxigênio e sangue para a aréola é semelhante ao cabo de uma flor, sendo a aréola a flor. Essa estrutura começa lá no tórax e vai até a aréola, carregando vasos arteriais, venosos e estrutura de nervos. 

 

Essa estrutura é chamada de Complexo Areolocapilar – CAP.

 

Para levantar a mama na mamoplastia e mastopexia, o cirurgião precisa subir a aréola, colocando-a mais para cima. Porém, devido à haste do CAP estar ligada à aréola, ela pode sofrer algum tipo de lesão.

 

Quando isso ocorre, a aréola para de receber oxigênio, o que leva à necrose. 

 

Isso está fora do controle do médico, pois se trata de uma estrutura microscópica. O médico não consegue observar se está havendo algum problema ou não. 

 

Esse tipo de necrose é mais comum em mulheres com peitos muito caídos. Aliás, quanto mais baixa estiver a aréola, maior a probabilidade de necrose na mama após a mamoplastia.

 

Isso porque, quanto mais baixa estiver a aréola no pré-operatório, maior é a distância que ela vai percorrer no pós-operatório, para ficar lá em cima. Se a distância for muito grande, aumenta a probabilidade de ocorrer alguma lesão no CAP. 

 

Porém, em alguns casos é possível evitar esse risco da mamoplastia redutora

 

Como evitar necrose na mastopexia?

 

Para quem é fumante, uma boa dica para evitar necrose na mama após mamoplastia é deixar de fumar pelo menos 1 mês antes da cirurgia, pois o cigarro pode interferir na cicatrização completa. 

 

evitar necrose mama apos mamopalstia
Confira outras dicas de como evitar necrose após cirurgia de mama.

 

Para mulheres que possuem a mama muito grande e caída, a alternativa é conversar com seu médico para saber se há possibilidade de fazer a cirurgia em dois momentos diferentes. Assim evita fazer uma alteração drástica de uma vez. 

 

Porém, se não estiver ao seu alcance e do médico evitar a necrose pós cirurgia de mama, há quatro alternativas:

 

1 – O cirurgião pode tirar a parte do tecido que está necrosada, fazer uma limpeza e fechar o tecido. 

 

2 – O cirurgião pode tirar a parte necrosada, fazer uma limpeza e deixar o local cicatrizar naturalmente, sem ponto. Neste caso, a cicatriz após necrose pode ficar grossa, porém, depois de um ano é possível fazer um retoque na região.

 

3 – A paciente pode combinar com o cirurgião de não mover toda a mama. Levantar parcialmente, apenas. Isso é mais comum em cirurgias de gigantomastia. 

 

4 – No caso de cirurgias em que as mamas são muito grandes e há alta possibilidade de necrose, o médico pode optar pela técnica Torek. 

 

Nesta técnica, o médico descola a aréola do corpo e trata ela como se fosse um enxerto. Ao reconstruir a mama, no final da cirurgia ele enxerta a aréola na mama. Neste caso ela vai perder a habilidade biológica, então não terá necrose. Porém, essa auréola também não terá mais sensibilidade.

 

Infecção após mamoplastia

 

A infecção após mamoplastia pode ocorrer por dois fatores, infecção hospitalar ou falta de cuidados higiênicos no pós-operatório por parte do paciente. Ela se manifesta por meio de secreções amareladas espessas e do mal cheiro na região da mama, além de apresentar febre alta e persistente. 

 

infeccao apos mamoplastia
Se você sentir alguns desses sintomas, fique atenta.

 

Porém, independente da causa e dos sintomas, ambos os casos de riscos da mamoplastia redutora podem ser evitados pela paciente. 

 

1 – Infecção hospitalar: risco da mastopexia

 

A infecção hospitalar geralmente ocorre em cirurgias realizadas em hospitais gerais ou clínicas médicas. Os hospitais gerais lidam com diferentes problemas e doenças, o que facilita a infecção. Já as clínicas não possuem toda a fiscalização necessária dos equipamentos e limpeza adequada.

 

Aqui na Dream Plastic só efetuamos procedimentos em hospitais especializados em cirurgia plástica. Assim garantimos cirurgias mais limpas e seguras para as nossas pacientes. 

 

Tanto é que, pela nossa experiência, a cada 1000 cirurgias realizadas, há aproximadamente apenas um caso de infecção hospitalar. 

 

Portanto, opere apenas com clínicas que fazem cirurgia em hospitais especializados. 

 

2 – Infecção por higienização

 

Uma má higienização durante o pós-operatório pode levar a uma infecção. 

 

Uma boa dica é seguir todas as recomendações do cirurgião para o seu pós-operatório e os cuidados com o curativo. 

 

Confira as principais recomendações para o pós-operatório de mamoplastia redutora e evite problemas na sua recuperação. Clique no link!

 

Trombose após cirurgia de mama

 

Outro dos riscos da cirurgia de redução de mama que pode ser evitado pela própria paciente é o de trombose. A trombose cria coágulos dentro dos vasos sanguíneos que deixam a região inchada, dolorida e, ainda podem bloquear a passagem de sangue. O ideal, para evitar trombose após a cirurgia de mama, é não ficar apenas acamada no pós-operatório. 

 

trombose pos cirurgia mama
É a falta de movimentação que influencia o aparecimento da trombose.

 

Claro, descansar e evitar muitos esforços é necessário, mas não significa que você tenha que ficar deitada o dia todo. 

 

Uma boa dica para evitar trombose é:

 

  • Beber água
  • Andar com frequência
  • Manter as pernas levantadas
  • Usar meia elástica
  • Ou tomar medicamentos anticoagulantes – se o médico indicar

 

Quer conferir outras dicas para evitar uma Trombose Venosa Profunda? Então clique no link e confira agora!

 

Seguindo essas dicas, você evita mais riscos da mamoplastia redutora. 

 

Risco da mamoplastia redutora: Queloide

 

A queloide é uma má cicatrização que costuma deixar a cicatriz em alto relevo. Apesar de comum, ela pode ser evitada se a paciente souber, de antemão, que possui tendência à queloide. Nesse caso, o médico indica um medicamento que ajuda a prevenir a queloide.

 

riscos mastopexia
Saiba como evitar a queloide.

 

Fizemos um conteúdo explicando tudo sobre a queloide na cirurgia plástica. Confira no link!

 

Risco do resultado ficar inconsistente 

 

reducao mama riscos
Já pensou se o resultado não ficar como você quer

 

Outro fator que pode trazer problemas para a mamoplastia e que poucas pessoas dão atenção é a escolha do cirurgião plástico. 

 

Um profissional inexperiente, recém-formado, sem histórico de bons resultados é um dos principais riscos da mamoplastia redutora no quesito de segurança durante a cirurgia e, principalmente, resultados. 

 

Com um médico inexperiente, os riscos das mamas ficarem assimétricas, ou da cicatriz não ficar boa esteticamente são maiores. 

 

Para que você conquiste um bom resultado, o ideal é procurar um cirurgião experiente, com histórico comprovado de resultados, recomendações de pacientes e que estejam cadastrados nos órgãos de saúde. 

 

Aqui na Dream Plastic sabemos dessa importância, por isso só fazemos cirurgia com profissionais que preencham esses requisitos:

 

 

Dúvida: Redução de mama pode causar câncer?

 

A crença de que a redução de mama pode causar câncer é um MITO. Estudos desenvolvidos na USP já comprovaram que a mamoplastia não tem ligação com os casos de câncer de mama. Inclusive, vêm mostrando que as possibilidades de câncer de mama têm diminuído após a mamoplastia redutora. 

 

reducao mama causar cancer
Portanto, este não é um dos riscos da mamoplastia redutora.

 

Como ter uma cirurgia de redução de mama com menos riscos?

 

mamoplastia redutora riscos
Saiba como ter uma cirurgia mais segura.

 

Todo procedimento cirúrgico tem seus riscos. Porém, como você viu, é possível evitar muitos deles com os cuidados certos. 

 

Se você quer levantar os seios sem sofrer com os riscos da mamoplastia redutora, procure:

 

  • Um cirurgião experiente
  • Uma clínica que faça cirurgia apenas em hospital
  • Siga todas as recomendações de pré-operatório – incluindo parar de fumar
  • Respeite as orientações para a recuperação
  • E, claro, as dicas que demos nesse conteúdo.

 

Inclusive, você pode conferir algumas dicas no grupo de pacientes da Dream Plastic no Facebook.

 

No grupo reunimos mulheres que fizeram ou desejam fazer cirurgia plástica. Lá, elas aproveitam para compartilhar dicas, opiniões, informações sobre o procedimento, fotos de antes e depois e muito mais. 

 

Se você tem alguma dúvida sobre os riscos da mamoplastia redutora, esse é o local certo para você esclarecer tudo.

 

Faça parte, clique no botão abaixo!

 

Riscos da mamoplastia redutora

 

Ah, para você ser aprovada precisa responder 3 perguntinhas básicas. Fazemos elas para garantir a segurança do grupo e evitar a entrada de perfis fakes e masculinos. 😉

 

A escolha certa para dar um UP nos seios!

 

Aqui na Dream Plastic, as taxas de intercorrências com a mamoplastia redutora ou mastopexia são relativamente baixas.

 

Sabe porque essa taxa é baixa? 

 

Porque entregamos tudo que a paciente precisa para ter uma cirurgia segura e tranquila:

 

  • Profissionais experientes, formados pelas melhores universidades do País
  • Estrutura e equipamentos de alta qualidade
  • Uma lista com as recomendações de pós-operatório logo após a cirurgia – para que a paciente não esqueça nenhuma orientação
  • Consultas ilimitadas até a alta médica
  • Diversos cirurgiões prontos para te atender
  • Ambiente higienizado seguindo as normas de esterilização de hospitais
  • Cirurgias em hospitais especializados em cirurgia plástica
  • E muuuuuito mais!

 

Se você quer uma cirurgia com menos riscos e muito mais segurança, você quer a Dream Plastic!

 

Faça a sua cirurgia com quem realmente entende do assunto!

 

Marque sua consulta pelo nosso WhatsApp – clique no ícone no topo da tela ☝️ – e aproveite para conhecer nossas instalações e equipes especializadas.

 

Venha comprovar porque somos a escolha certa para você!

 

 

Gostou de saber quais os riscos de uma mamoplastia redutora? Então clique nos ícones abaixo e compartilhe com mais pessoas!


 
MARQUE SUA CONSULTA POR WHATSAPP




Quer receber informações confiáveis sobre cirurgia plástica?

Faça como milhares de mulheres, cadastre-se agora e receba dicas de médicos especialistas!