Gigantomastia: tudo sobre a cirurgia para reduzir seios enormes!


gigantomastia
Tudo sobre a gigantomastia!

 

Mulheres com seios enormes, uma condição clínica conhecida como Gigantomastia, convivem com dores terríveis nas costas, sutiãs que incomodam e a vergonha do próprio corpo.

 

Para essas elas, a cirurgia de Gigantomastia torna-se uma necessidade e não uma questão de escolha. Pois a qualidade de vida, a saúde física e a autoestima são drasticamente afetadas.

 

Se você sofre com seios gigantes, sabe bem o que nós queremos dizer.

 

Por isso preparamos este conteúdo com tudo o que você precisa saber sobre gigantomastia. Veja o antes e depois e as principais informações da cirurgia, preço, riscos e mais!

 

Somos a Dream Plastic,

Clínica de Cirurgia Plástica Especializada.

 

Leia este texto até o final para uma vida mais leve:

 

 

Esclareça suas dúvidas!

 

O que é Gigantomastia?

 

Gigantomastia é o termo utilizado quando o tamanho das mamas ultrapassa, em muito, a média populacional. Os seios gigantes causam dor e sofrimento, tanto psicológico quanto físico. E, certamente, a cirurgia plástica é a única forma de diminuir as mamas e devolver a qualidade de vida para mulheres com seios enormes.

 

hipertrofia mamaria
Mamas gigantes causam dor e desconforto, e a gigantomastia pode ser a solução para esse problema.

 

Um sinônimo de Gigantomastia é o termo Macromastia. Pois ele também define o diagnóstico de mamas gigantes.

 

Já o termo hipertrofia mamária define tanto mamas grandes quanto gigantes.

 

Seios gigantes: conheça as causas e consequências

 

O tamanho das mamas seguem algumas classificações:

 

Pequena (hipomastia) -300g
Média300 e 600g
Grande600 e 1200g
Gigante (gigantomastia)+1200g

 

 

Geralmente, quem tem seios gigantes convive com a hipertrofia mamária de grau gigante.

 

Tudo depende da distância entre a borda superior do esterno, osso localizado no centro do tórax, e o mamilo.

 

Ah, as causas da macromastia podem ser diferentes para cada mulher. As principais são:

 

  • Obesidade
  • Distúrbios Glandulares
  • Hipertrofia pós-gravidez
  • Diabetes
  • Fatores hereditários

 

Já os sintomas de gigantomastia são usuais. Um bem frequente é a dor nas costas.

 

Esse é um dos primeiros sinais de quem tem mamas enormes, além da aparência. Como efeito colateral, a postura é prejudicada.

 

Se não for tratada, a mulher pode desenvolver um desvio no ângulo da coluna (cifose) que se não tratado, em longo prazo, torna-se irreversível.

 

Viver com seios enormes naturais não é fácil

 

macromastia
Dores nas costas e dificuldade para respirar, são sintomas comuns na gigantomastia.

 

E, no quesito roupa, ter mamas enormes é um tormento. É difícil achar um look que caia bem, fique apertado em cima e largo em baixo.

 

Fora que a gente não se sente bem, parece que todo mundo está olhando para os nossos seios.

 

E ainda tem o constrangimento do próprio corpo. Não tem como isso não afetar os relacionamentos. Passamos a evitar situações sociais, encontros com desconhecidos e conhecidos também.

 

Só para evitar olhares e comentários alheios.

 

A cirurgia de gigantomastia é a solução para diminuir seios enormes?

 

seios enormes
Será que a cirurgia para as mamas gigantes é a solução?

 

Não existe creme ou remédio que impeça o crescimento excessivo dos seios e, muito menos, que diminuam consideravelmente.

 

Por isso, a cirurgia de mama gigante, a gigantomastia, é a única solução para resolver a hipertrofia mamária e aliviar o sofrimento causado por essa anomalia.

 

É uma cirurgia segura, desde que alguns cuidados sejam tomados… Aliás, mais pra frente nós vamos dar algumas dicas sobre como fazer uma macromastia segura.

 

Diagnóstico de gigantomastia e os primeiros passos da cirurgia

 

O primeiro passo para receber um diagnóstico de gigantomastia é marcar uma avaliação médica.

 

Nessa consulta, o cirurgião plástico avalia os seus seios, sua condição de saúde, expectativas e necessidades.

 

Para determinar se o seu caso realmente é uma gigantomastia, alguns fatores serão analisados. Como a largura do tórax, o peso, a estrutura osteomuscular e a altura.

 

Você também vai conhecer alguns detalhes da cirurgia de mama gigante, como a possibilidade da técnica de Torek, aparência da cicatriz e o risco de necrose.

 

Em seguida, alguns exames pré-operatórios serão solicitados para a liberação da cirurgia. Por exemplo:

 

  • Eletrocardiograma
  • Hemograma completo
  • Ultrassom das mamas
  • Coagulograma
  • Mamografia

 

Outros exames podem ser solicitados, conforme as necessidades de cada paciente.

 

E, após o término da avaliação, o diagnóstico é entregue e você será encaminhada para uma consultora.

 

É ela quem vai te passar um orçamento com o valor exato da gigantomastia mamária, assim como as formas de pagamento e os itens inclusos no preço.

 

E é nesse momento que surge a dúvida: “A macromastia é cara?”.

 

Quanto custa uma gigantomastia?

 

Em São Paulo, a cirurgia de gigantomastia custa entre R$13.878,50 e R$27,569,00 (Junho/2021). Essa é apenas uma média de preço, o valor da cirurgia pode variar conforme a experiência da equipe médica, insumos e do local no qual será realizado o procedimento.

 

gigantomastia diagnostico
Conheça a média de preço da gigantomastia!

 

O valor da cirurgia de mama gigante talvez até te surpreenda. Mas geralmente não é o que acontece.

 

Porque as mulheres que sofrem com seios enormes sabem que ter saúde e uma vida confortável não tem preço.

 

Os resultados da cirurgia são de longo prazo, o antes e depois é previsível e a dor física causada pela hipertrofia mamária diminui.

 

Prova disso é uma pesquisa feita pela Cogitare Enfermagem, segundo o artigo, 100% das mulheres que realizaram a Gigantomastia sentiram alívio nas dores na coluna. Saiba mais sobre a pesquisa aqui!

 

Além de tudo isso, com as formas de pagamento existentes hoje em dia, é muito mais fácil realizar uma gigantomastia com tranquilidade.

 

Veja aqui tudo sobre o valor e as formas de pagamento da cirurgia plástica!

 

Como é feita a gigantomastia?

 

São feitas marcações nas mamas e a anestesia peridural com sedação é aplicada. Em seguida, o cirurgião plástico remove o excesso de gordura, de pele e de tecido glandular. Aos poucos, os seios gigantes vão dando lugar às mamas menores e mais leves. Graças à cirurgia de gigantomastia.

 

cirurgia mama gigante
Gigantomastia nos mínimos detalhes…

 

O procedimento dura entre 2 e 4 horas. E a cicatriz fica com o aspecto de T invertido. Esse tipo de incisão permite remover um volume considerável de pele e gordura.

 

Mas é preciso ter muito cuidado, porque ao remover um volume excessivo de gordura, o risco de necrose pós-gigantomastia aumenta.

 

Caso seus seios sejam realmente gigantes e você queira um antes e depois com uma mudança muito acentuada, há a opção de realizar a cirurgia pela técnica de Torek.

 

Porém, há vantagens e desvantagens…

 

Antes de entender melhor sobre a técnica, é preciso explicar sobre a necrose na aréola. Pois ela é  a responsável pela  necessidade da técnica de Torek.

 

Necrose é o principal risco da cirurgia de hipertrofia mamária

 

Devido à estrutura mamária das mamas enormes, na Gigantomastia há a possibilidade de ter necrose na região areolar. O risco é pequeno, mas real.

 

Esse problema não tem nenhuma relação com erro médico, é um efeito da própria cirurgia.

 

Mas, para você entender um pouco melhor essa possibilidade, é importante conhecer uma parte importante da mama. Você já ouviu falar do CAP, Complexo Areolopapilar?

 

Bom, essa é uma estrutura microscópica que todas nós temos no nosso organismo. Apesar de não a enxergarmos, ela está lá e é composta por artérias, veias e nervos.

 

Para você ter uma ideia, o CAP é como se fosse a haste de uma flor, que sai do tórax e chega na ponta do mamilo. Nesta ideia, o mamilo é a própria flor. A função dessa “haste” é nutrir e dar sensibilidade, seja nos seios enormes ou pequenos.

 

O Complexo Aréolo Papilar não pode ser reduzido ou desfeito e, em mamas grandes, é mais longo. Ainda assim é uma estrutura microscópica.

 

Por isso, ao remodelar as mamas na cirurgia de gigantomastia mamária, o CAP pode dobrar ou sofrer algum tipo de lesão. Consequentemente, há uma obstrução do sangue para a aréola.

 

Se isso acontecer, há o risco de necrose da mama após mamoplastia. Algo que pode ser parcial ou na aréola inteira.

 

Nos casos de hipertrofia mamária, quanto mais volume e pele se elimina, maior a chance do CAP “dobrar” e gerar necrose.

 

Redução de mamas enormes com a técnica Torek

 

Com isso, surge a necessidade da técnica de Torek. Caso você tenha seios enormes e queira reduzir MUITO, para evitar necrose, existe essa opção.

 

Ao optar por essa técnica na gigantomastia, o cirurgião remove a aréola e somente depois começa a reduzir a mama.

 

Isso porque ele já leva em consideração o risco de necrose e perda da aréola, com necessidade de enxerto. Assim, ele faz o enxerto na hora, com a aréola da própria paciente.

 

Neste caso, por remover completamente a aréola, a paciente perde a sensibilidade na região. Outro efeito colateral é a perda da capacidade de amamentar.

 

Do ponto de vista visual, nada muda, e a cicatriz fica com aparência de um T invertido.

 

gigantomastia cicatriz
Cicatriz em t no resultado da gigantomastia!

 

A técnica de torek é indicada para mulheres que, realmente, tenham seios enormes e desejam uma redução acentuada no volume.

 

Essa decisão é tomada junto ao cirurgião plástico, que vai avaliar o seu caso individualmente.

 

Redução de Mamas Gigantes: antes e depois da cirurgia

 

O antes e depois da redução de mama gigantes, são seios menores, mais leves e bonitos. As fotos são transformadoras. E a mudança acontece de fora para dentro. A qualidade de vida melhora, as dores diminuem, a autoestima se eleva e as mulheres ganham autoconfiança para enfrentar os desafios da vida.

 

gigantomastia fotos antes depois
O resultado da gigantomastia é transformador.

 

Aqui é importante ressaltar que a gigantomastia é uma cirurgia reparadora e não estética. Isso significa que o principal objetivo do cirurgião será diminuir as mamas e para reverter ou minimizar os impactos na saúde da paciente.

 

Outro detalhe é que quando os seios são gigantes, somente é possível deixá-las no tamanho médio com a técnica clássica. As mamas não ficarão pequenas, exceto se você optar pela técnica de Torek.

 

Mas, como você aprendeu aqui hoje, há consequências como a perda de sensibilidade nas aréolas e o impedimento da amamentação.

 

Onde ver fotos de gigantomastia?

 

A Dream Plastic conta com o maior grupo de cirurgia plástica com pacientes do Brasil!

 

É um grupo fechado e exclusivo com mais de 84 mil mulheres.

 

Por lá, nossas pacientes se sentem à vontade para esclarecer dúvidas, postar suas experiências e fotos de resultado.

 

O passo a passo para participar é bem simples:

 

  1. Clique no banner abaixo
  2. Acesse o botão “Participar do grupo”
  3. Responda a 3 perguntas de verificação
  4. Envie a sua solicitação

 

Depois, é só aguardar a sua aprovação. Ah, essas 3 perguntinhas são essenciais para a sua entrada.

 

Porque a equipe da Dream Plastic faz uma monitoria para barrar perfis fakes e homens.

 

Assim, nossas pacientes ficam livres e seguras. Sem o medo de terem suas fotos vazando por aí.

 

Pronta? É só clicar no botão abaixo:

 

Gigantomastia

O pós-operatório da macromastia é uma fase essencial para um bom antes e depois

 

O pós-operatório da cirurgia de mama gigante é a fase que vai definir o sucesso da cirurgia.

 

Pois de nada adianta operar com o melhor cirurgião plástico do mundo, se você não seguir as recomendações dadas para preservar o resultado da cirurgia.

 

Ao tomar todos os cuidados, a mulher com seios gigantes evita os riscos de abertura de pontos, trombose e um antes e depois feio.

 

Cada organismo reage de uma maneira, mas, em média, após 15 dias da cirurgia a paciente começa a retornar às suas atividades de rotina.

 

Entre as principais recomendações estão:

 

  • Dormir de barriga para cima durante o primeiro mês e com 2 travesseiros nas costas para elevar a região
  • Não realizar esforço físico nas 3 primeiras semanas
  • Usar o sutiã pós-operatório por cerca de 60 dias

 

Saiba sobre as recomendações de pós na cirurgia de gigantismo da mama, no nosso texto de recuperação da mamoplastia redutora!

 

Melhores dicas para fazer uma gigantomastia com segurança

 

mulheres seios enormes
Descubra como fazer uma cirurgia plástica segura!

 

A gigantomastia é a única solução para diminuir seios enormes, mas, para a cirurgia ser um sucesso, é necessário que a clínica preencha alguns requisitos.

 

Se você leva o seu sonho a sério, é MUITO importante se atentar a isso.

 

Porque essa é a receita para um bom diagnóstico de gigantomastia, com um antes e depois bonito, pagando um preço justo em uma cirurgia segura.

 

Olha só:

 

  • Escolha um Cirurgião Plástico Especialista, membro da SBCP, formado em uma boa universidade e com resultados comprovados.
  • A Clínica de Cirurgia Plástica deve ter um bom suporte pós-operatório. Com uma estrutura internacional, oferecendo suporte de enfermagem por telefone e o serviço de ouvidoria para resolver conflitos entre paciente e médico.
  • A macromastia deve ser realizada em ambiente hospitalar. Cirurgia plástica dentro de clínicas e consultórios só reduz os custos dos profissionais envolvidos e coloca a sua vida em risco.
  • A anestesia aplicada precisa ser a peridural com sedação, por anestesistas experientes em cirurgia plástica, que oferecem a APA (Avaliação pré-anestésica).

 

Veja aqui mais informações sobre como fazer uma cirurgia plástica segura!

 

Mulheres com seios enormes: comece a planejar a sua gigantomastia!

 

seios gigantes
Pronta para realizar o seu sonho?

 

Se você tem mamas gigantes, não tem jeito, a Gigantomastia é a solução.

 

Pois a cirurgia consegue resolver problemas físicos e psicológicos. Já que conviver com o fato de ter vergonha do próprio corpo só gera infelicidade.

 

Mas, ao tomar a decisão de dar um basta nesse sofrimento, você deve procurar um cirurgião plástico especializado e muito experiente.

 

Esse é um quesito básico de seleção aqui na Dream Plastic. Pois sabemos o quanto isso faz diferença no seu resultado.

 

Pronta para dar um basta nas mamas enormes e esclarecer todas as suas dúvidas?

 

Clique no botão do whatsapp no topo da tela, agende uma avaliação e venha nos conhecer.

 

Esclareça suas dúvidas!

 

Gostou do artigo sobre Gigantomastia? Ajude mais pessoas com esse conteúdo, clique nos links abaixo e divulgue AGORA!

 

 


 
MARQUE SUA CONSULTA POR WHATSAPP




Quer receber informações confiáveis sobre cirurgia plástica?

Faça como milhares de mulheres, cadastre-se agora e receba dicas de médicos especialistas!