Cirurgia Plástica

Lipoaspiração de Abdome

Nome técnico: Lipoaspiração ou Lipoescultura
Região do corpo: culote, queixo, quadril, abdômen, cintura, face interna das coxas, joelhos, braços entre outros.
Idade: após a adolescência
Anestesia: peridural
Duração da cirurgia: 3 horas na maioria dos casos
Cicatriz: o corte é pequeno, menor que 1 cm

A lipoaspiração, também conhecida como lipoplastia, é um dos procedimentos mais comuns em cirurgia plástica. Em geral, desenvolvem-se depósitos de gordura em diversas regiões do organismo, regiões de acúmulo persistente mesmo após rotina de exercícios físicos e dietas adequadas, contribuindo para a aparência desproporcional do contorno. A lipoaspiração atua removendo o excesso de tecido adiposo, com retorno do contorno e criando aparência mais emagrecida. A lipoaspiração pode ser realizada isoladamente, ou em associação a outros procedimentos para redução do abdome. A lipoaspiração não é um tratamento eficaz para celulite ou obesidade. Indivíduos submetidos à lipoaspiração devem ser saudáveis e relativamente magros, com pele firme, elástica e bom tônus muscular, e apenas 30% acima de seu peso ideal.

» Preparo Cirúrgico e Incisão

Procedimentos de lipoaspiração podem durar de 1 a 5 horas dependendo da extensão e técnica empregada. Antes de iniciar a lipoaspiração, a área tratada deve ser limpa e anestesiada. Dependendo da complexidade do procedimento e da quantidade de gordura a ser removida, usamos anestesia geral ou local associada à sedação EV. Após sedação, o cirurgião realiza uma incisão simples ou múltiplas incisões abaixo da linha do biquíni ou no umbigo. Entretanto, o cirurgião pode fazer incisões em locais alternativos, dependendo do procedimento. As cicatrizes são escondidas nos contornos do corpo.

» Injeção de Solução Tumescente

Embora existam vários técnicas de lipoaspiração, a técnica tumescente é a mais utilizada. Antes de remover a gordura, injeta-se líquido na área a ser tratada através de um dispositivo com orifício denominado cânula. A solução, composta de solução salina, lidocaína e epinefrina, auxilia a entorpecer a área tratada, controla a perda sanguínea e facilita a remoção da gordura.

» Lipoaspiração

O cirurgião insere a cânula de lipoaspiração na camada de gordura abaixo da pele. Fazendo um movimento de vai e vem, soltando e separando a gordura na região. A sucção é feita com um aspirador cirúrgico conectado no lado oposto da cânula, a fim de remover a gordura. Em alguns casos, a gordura pode ser removida manualmente com seringa conectada a cânula. Após procedimento as incisões são fechadas com sutura, embora algumas incisões são tão pequenas que cicatrizam sem pontos.

» Recuperação da Lipoaspiração do Abdôme

Pode haver dor, aumento de volume, e pequenos ferimentos após o procedimento. O médico pode sugerir o uso de malhas ou roupas compressivas por 2 a 6 semanas, parte importante do processo de recuperação. Por malhas de compressão entendem-se vestimentas justas que mantém os tecidos juntos, ao mesmo tempo confortáveis e que auxiliam no processo de cicatrização. As malhas de compressão controlam o edema prevenindo o acúmulo de líquido na área tratada e também auxiliam a pele a assumir seu novo contorno.

» Recomendações Pós-Operatórias

1. Evitar esforço por 8 dias

2. Usar cinta elástica por período determinado pelo cirurgião plástico

3. Fazer drenagem linfática pra diminuir o edema

4. Não se expor ao sol ou friagem, por um período mínimo de 1 semana

5. Alimentação normal. Recomenda-se alimentação hiperproteica ( carnes, ovos, leite) assim como a ingestão de frutas, verduras e legumes. É importante também beber muita água.

6. Voltar ao consultório médico para avaliação e curativos

7. A partir de 1 mês, pode fazer caminhadas e aos 2 meses iniciar atividades físicas mais pesadas