Riscos da Abdominoplastia: Conheça os 12 principais riscos da cirurgia de abdômen e descubra como evitá-los

abdominoplastia riscos
Conheça os principais riscos da cirurgia para barriga flácida!

 

Os riscos da abdominoplastia te preocupam?

 

Após passar por uma gravidez, ou até pelo efeito sanfona, a sua barriga ficou flácida.

 

Você começou a sentir vergonha de expor a região e, com o tempo, ir à praia ou se olhar nua no espelho se tornou um tormento. É o tipo de sofrimento que só entende quem passa.

 

Agora, você está pensando em fazer uma cirurgia plástica na barriga. Ou até já decidiu, mas sente medo das complicações que a abdominoplastia pode trazer para a sua vida.

 

Acertei?

 

Essa situação é mais comum do que você imagina.

 

Milhares de mulheres que realizaram a dermolipectomia (esse é o nome técnico da cirurgia) com a gente se perguntavam: “Qual é o risco de fazer uma abdominoplastia?

 

Mas após muita dedicação e pesquisa, elas entenderam os riscos, optaram pela cirurgia e realizaram o sonho da barriga chapada.

 

Nós somos a Dream Plastic, clínica especializada em cirurgia plástica de São Paulo. E, para te ajudar nesta fase importante, preparamos uma lista com os 12 riscos da abdominoplastia e mais: o que você deve fazer para evitá-los!

 
Confira o que você vai aprender com a gente hoje:

 

 

Esclareça suas dúvidas!

 

Quais os riscos da abdominoplastia?

 

Os principais riscos da abdominoplastia são tratáveis e evitáveis. De forma geral, os riscos podem envolver: necrose, umbigo fechado e trombose. E podem ser evitados se a paciente seguir à risca as orientações médicas e escolher um bom profissional para realizar a cirurgia.

 

Ao escolher uma clínica que possua uma boa estrutura e um cirurgião experiente para realizar a sua cirurgia, a paciente consegue diminuir os riscos de uma forma considerável.

 

Além disso, uma boa parte dos problemas na cirurgia de abdômen envolvem o pós-operatório, justamente por isso que se deve levar a sério as orientações médicas e garantir que a clínica na qual escolheu possui uma boa estrutura para sua recuperação.

 

Mas antes de falarmos melhor sobre esses pontos, que tal aprender mais sobre cada um dos principais riscos da cirurgia de flacidez abdominal?

 

Conheça os 12 riscos da abdominoplastia

 

A abdominoplastia não é uma cirurgia perigosa, é um procedimento seguro. Mas como qualquer intervenção cirúrgica envolve riscos. Que, felizmente, são tratáveis e muitos até previsíveis.

 

Ou seja, com um bom diagnóstico na fase pré-operatória, as chances de acontecerem complicações na abdominoplastia são pequenas. Além disso, há outros critérios para tornar a cirurgia plástica na barriga segura, e nós vamos contar para você até o final do texto!

 

Aliás, este texto contém duas fontes:

 

  1. A nossa experiência, conquistada após 15 anos realizando a cirurgia de abdominoplastia.
  2. Um estudo publicado pela Revista Brasileira de Cirurgia Plástica. O qual você pode consultar a qualquer momento aqui.

 

Portanto, se você quer fazer uma abdominoplastia, mas tem medo, leia nosso conteúdo até o final.

 

É comprovado que uma das melhores formas de controlar o medo, é conhecer os riscos que podem acontecer, quais sintomas você pode ter, e o que fazer para se prevenir.
 

Assim você se sente mais segura, menos ansiosa e consciente de que fez tudo o que podia para não ter nenhum problema.

 

Vamos lá:

 

1 – Queloide

 

abdominoplastia complicacoes
Queloide é uma complicação na cicatrização.

 

Durante a cicatrização da abdominoplastia, há a formação de colágeno, proteína responsável por criar uma nova camada de pele.

 

Quando essa produção de colágeno se dá de forma exagerada, acontece o que chamamos de queloide. Nele, o crescimento maior do tecido forma uma cicatriz em alto relevo.

 

A formação de queloide independe da ação do cirurgião plástico, pois está ligada a predisposição genética da paciente. É claro que, quando há conhecimento prévio deste histórico, um bom cirurgião plástico pode reduzir o risco de ocorrer na sua abdominoplastia.

 

Por exemplo, indicando o uso da fita de silicone

 

Contudo, caso aconteça, o tratamento indicado são aplicações locais com corticoides e, caso precise retocar a cicatriz, a betaterapia.

 

Saiba mais sobre o queloide na cirurgia plástica aqui!

 

2 – Cicatriz hipertrófica

 

abdominoplastia cirurgia perigosa
Você já conhece a cicatriz hipertrófica?

 

A formação e o tratamento da cicatriz hipertrófica é muito semelhante ao quelóide.

 

O tipo de cicatriz hipertrófica é caracterizado por uma formação elevada em relação ao tecido original. Isso acontece durante o processo de cicatrização, quando a produção do colágeno ocorre de forma desorganizada.

 

Apesar do seu tamanho evidente, a cicatriz hipertrófica não ultrapassa o local da lesão. E, assim como o quelóide, a prevenção pode ser feita com fita de silicone.

 

O tratamento também inclui aplicações de corticoides e betaterapia.

 

3 – Seroma

 

Ter seroma após a cirurgia plástica de abdominoplastia não é considerado uma complicação, porque é normal e SEMPRE acontece. Por isso, é conhecido por ser o risco mais frequente na abdominoplastia.

 

Causado pela reação inflamatória da cirurgia, o seroma é um líquido expelido, de cor amarelo avermelhado, que costuma se aglomerar próximo da cicatriz.

 

Ele pode ser absorvido pelo organismo ou expelido em poucas semanas.

 

Normalmente, o uso de malhas de compressão e sessões de drenagem linfática ajudam a minimizar esse desconforto. Mas, caso persista, o médico pode fazer uma punção com seringa para remover o líquido.

 

O que você precisa se atentar é se esse líquido é viscoso e com cheiro, pois nesse caso pode indicar uma infecção.

 

4 – Abertura de pontos

 

A deiscência – ou abertura espontânea dos pontos cirúrgicos – se dá pela paciente não cumprir o pós-operatório adequadamente.

 

Portanto, esse é um risco da abdominoplastia totalmente controlável. Basta seguir as orientações médicas na sua recuperação. Principalmente porque, no pós-operatório de dermo, você terá que andar curvada nas primeiras semanas e ficar com as pernas dobradas, apoiadas em travesseiros, ao deitar.

 

Ou seja, esses cuidados evitam que os seus pontos se alarguem ou se abram. Afastando este risco.

 

5 – Umbigo fechado

 

abdominoplastia risco
Entenda o risco do umbigo fechado.

 

A cirurgia plástica de abdominoplastia, tem o risco de fechar o umbigo. Entenda melhor!

 

Durante o procedimento cirúrgico, o umbigo permanece no seu lugar de origem, mas a pele é esticada e o cirurgião precisa fazer uma incisão para torná-lo visível.

 

Ou seja, o local ao redor passa por um processo de cicatrização e, no caso da pessoa ter tendência de criar quelóide ou cicatriz hipertrófica, existe a possibilidade dessa incisão fechar.

 

Nessa situação, o cirurgião plástico pode indicar o uso de uma órtese de silicone para umbigo, que evita o seu fechamento e resolve essa questão. E, quando o umbigo se fecha, o tratamento é feito com aplicação de corticoides ou uma pequena cirurgia reparadora.

 

Clique aqui para saber mais sobre o umbigo após abdominoplastia.

 

6 – Hematomas

 

Apesar de aparecer na lista de riscos da abdominoplastia, o hematoma, na verdade, é uma consequência esperada em qualquer cirurgia. Essas marcas que aparecem na pele durante e após a cirurgia, são resultados de vários vasos que se romperam e acumularam sangue dentro da região operada.

 

É absolutamente normal!

 

Ao final do procedimento, o médico faz a cauterização desses vasos e uma revisão aprofundada.

 

Porém, um esforço maior ou um aumento da pressão arterial pode romper os vasos cauterizados, gerando outros hematomas. Na maioria dos casos, os hematomas são absorvidos pelo próprio organismo.

 

Mas, apesar de ser comum, aqui na Dream Plastic nós fazemos uma análise da sua evolução durante os retornos de pós-operatório.

 

Assim, acompanhamos para ter a certeza de que tudo está dentro do esperado e que não há riscos ❤️

 

7 – Necrose

 

necrose abdominoplastia tratamento
A necrose é um riscos raro e há como evitá-lo.

 

A necrose é a perda da viabilidade biológica do tecido que foi causada pela quantidade de sangue insuficiente. Geralmente, nas bordas da cicatriz.

 
Não é uma complicação muito comum na abdominoplastia, na nossa clínica, por exemplo, aconteceu em menos de 1% das pacientes. Sua aparência é escura, provocando relevos na pele e a abertura de cicatrizes.

 

Entre os fatores de risco estão: tabagismo, diabetes e infecções. Neste último item, para evitá-las, é fundamental que você não se esqueça de tomar os remédios indicados pelo médico e de manter a higiene da área operada.
 

O tratamento da necrose na abdominoplastia pode ser realizado com:

 

  • Carboxiterapia feita com fisioterapeuta, para aumentar o fluxo sanguíneo na região afetada.
  • Desbridamento feito com o cirurgião plástico, para remover a pele necrosada.

 

8 – Fibrose

 

Fibrose é um tipo de cicatriz interna que, no processo de formação, produziu muito colágeno. Esse excesso de colágeno deixa a região operada dura e, às vezes, com nódulos.

 

Essa é uma complicação da abdominoplastia que pode ser evitada com um pós-operatório regrado, seguindo recomendações médicas, como:
 

  • Permanecer em repouso (mas não ficar de cama)
  • Usar malha compressiva
  • Alimentar-se adequadamente
  • Massagear o abdômen

 

Se o médico detectar a fibrose no pós inicial, ele pode indicar o tratamento de fisioterapia, por meio da drenagem linfática com ultrassom.

 

Clique aqui para saber mais sobre fibrose na cirurgia plástica!

 

9 – Perda da sensibilidade

 

É bem comum a perda da sensibilidade na região da cicatriz da abdominoplastia. Pois durante a cirurgia há micro cortes em pequenos nervos da pele.

 

Essa falta de sensibilidade é temporária e tende a voltar em algumas semanas. Portanto, esse é um risco esperado e provisório.

 

10 – Cicatriz assimétrica

 

qual risco fazer abdominoplastia
Escolher uma excelente equipe médica, é a melhor forma de evitar este risco.

 

Esse é um risco da cirurgia plástica de abdominoplastia que tem relação direta com a experiência do cirurgião plástico.

 

Portanto, quanto maior o tempo que você dedicar na pesquisa do cirurgião, melhor!

 

Até o final do texto vamos contar o que você precisa saber para acertar na escolha do cirurgião plástico e evitar esse tipo de problema!

 

11 – Trombose Venosa Profunda

 

perigos abdominoplastia
Descubra como evitar a temida trombose na cirurgia plástica!

 

Entre as complicações da abdominoplastia é muito comum lermos sobre a Trombose Venosa Profunda ou a sigla TVP.

 

A doença do sistema cardiovascular é caracterizada pela formação de coágulos sanguíneos (trombos) no interior das veias.

 

É importante ressaltar que a trombose é uma complicação que pode surgir em pessoas que nunca passaram por uma abdominoplastia. Isto porque não está ligada ao procedimento, mas sim a vários fatores de risco, como:

 

  • Obesidade
  • Predisposição genética
  • Falta de movimentação
  • Cirurgias e hospitalizações prolongadas
  • Anestesia geral

 

Mas, na cirurgia plástica, a principal causa da trombose é a falta de movimentação durante o pós-operatório. Por isso você não pode passar todo o período de recuperação deitada em uma cama.

 

E as recomendações para evitar essa complicação tem o objetivo de manter o sangue circulando.

 

Como evitar o risco da trombose após a abdominoplastia?

 

  • Beba bastante água
  • Esteja sempre movimentando as pernas
  • Faça pequenas caminhadas dentro de casa
  • Ao dormir, coloque um travesseiro debaixo dos pés
  • Deite na cama e coloque as pernas para cima, apoiadas na parede

 

Conheça as formas de identificar uma Trombose Venosa Profunda.

 

12 – Embolia Pulmonar

 

A embolia pulmonar acontece quando uma ou mais artérias dos pulmões ficam obstruídas por um coágulo sanguíneo.

 

Na maioria dos casos os coágulos formam-se nas pernas, ocasionados pela trombose. Eles se desprendem das veias e percorrem a circulação sanguínea, podendo alcançar os pulmões e causar a embolia pulmonar.

 

Os fatores de risco são os mesmos da Trombose Venosa Profunda.

 

E, por ser causada pela trombose, ao prevenir-se dela você evita essa complicação.

 

Essa é a complicação mais grave que pode acontecer, mas bastante incomum. Na maioria das vezes é prevenível, controlando os fatores de risco listados acima.

 

Aqui na Dream, nós temos protocolos de segurança rigorosos para evitar trombose e embolia pulmonar.

 

Então, você receberá o reforço das orientações:

 

  • Na consulta com o cirurgião plástico
  • Na avaliação pré-anestésica
  • Em todas as consultas de pós-operatório

 

Inclusive, também entregamos isso por escrito, explicando os sintomas e o que você deve fazer ou não.

 

Clique aqui e saiba mais sobre a Embolia Pulmonar!

 

Fumar e tomar banho de sol pode gerar complicações na abdominoplastia?

 

O fumo, assim como o banho de sol, pode gerar complicações na recuperação da abdominoplastia. Uma vez que os fumantes possuem maior tendência em desenvolverem trombose e necrose. Já a exposição ao sol pode gerar manchas e intercorrências na cicatrização.

 

cirurgia plastica abdominoplastia riscos
Fumar na fase pré e pós-operatória pode afetar a aparência da sua cicatriz!

 

O fato de você fumar não a impede de operar, mas requer uma atenção especial para evitar riscos na abdominoplastia.

 

Para você ter uma noção, segundo o estudo publicado na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, o tabagismo aumenta o risco de infecção em até 12,7% comparado com 5% em não fumantes.

 

Portanto, você deve suspender os cigarros por um determinado tempo, antes e depois do procedimento.

 

Isto porque, além de aumentar riscos de infecção, os fumantes compõem um grupo de risco sujeito a intercorrências, como a Trombose Venosa Profunda, Embolia Pulmonar e Necrose.

 

Além de atrapalhar a cicatrização da cirurgia.

 

Quanto ao sol, no pós-operatório da cirurgia plástica o médico recomenda que você NÃO se exponha a ele em hipótese nenhuma. Esta precaução deve ser tomada porque a exposição solar precoce mancha a cicatriz e retarda o seu processo de formação.

 

Outro ponto negativo é o fato da exposição solar, antes do tempo, fazer com que a cicatriz tenha uma coloração mais escura e, em alguns casos, isso é irreversível.

 

Sinais para ir ao médico após uma complicação na cirurgia plástica de abdominoplastia

 

Procure o seu médico ou a equipe da clínica para esclarecer qualquer tipo de dúvida. Seja um sintoma diferente, a aparência da sua cirurgia que não está normal ou até alguma insegurança em relação a predisposições genéticas.

 

O importante nesse momento é você se sentir segura e acolhida.

 

Mas, caso você apresente os sinais abaixo, vale a pena buscar ajuda médica com urgência:

 

  • Febre alta e persistente
  • Dificuldade para respirar
  • Dor ou mau cheiro na cicatriz
  • Curativos encharcados de sangue
  • A região operada está inchada, dura e quente
  • Dor nas panturrilhas

 

Como evitar os riscos da abdominoplastia?

 

Os riscos da abdominoplastia podem ser evitados ao escolher uma equipe experiente para realizar a cirurgia, já que grande parte dos erros durante a operação acontece por causa de uma equipe inexperiente. Além disso, é necessário seguir à risca as orientações médicas.

 

cirurgia plastica abdominoplastia complicacoes
Veja as melhores dicas para uma abdominoplastia segura!

 

Os perigos da abdominoplastia são de fácil manejo e podem ser evitados se você seguir algumas dicas para acertar na escolha da clínica de cirurgia plástica.

 

Isso porque, na maioria dos casos, os riscos da abdominoplastia estão relacionados com a falta de orientações que as pacientes recebem dos médicos ou com a falta de estrutura da clínica.

 

Por isso, listamos neste texto dicas essenciais para a sua segurança antes, durante e depois da plástica no abdômen.

 

Escolha um Cirurgião Plástico especialista

 

Uma das etapas mais importantes para evitar riscos na abdominoplastia é a escolha do cirurgião plástico, afinal, a experiência do médico será determinante para a segurança e o resultado da operação.

 

Um médico inexperiente ou que não é especialista pode aumentar os riscos de intercorrências graves – igual essas que vemos nas notícias, por exemplo, segundo o CREMESP, 97% dos médicos que foram processados por erro médico não eram especialistas.

 

Por isso é preciso ter muito cuidado e analisar bem com quem você irá realizar seu sonho.

 

Um desses cuidados é verificar se o cirurgião é membro da SBCP, e para isso é bem fácil, é só clicar no link e realizar a busca pelo cirurgião, ainda é possível filtrar por especialidade e localização do mesmo.

 

Além disso, a clínica tem o dever de entregar o currículo dos cirurgiões para que a paciente saiba bem todo o histórico do mesmo. Por exemplo, aqui na Dream Plastic nós entregamos o currículo completo no dia da consulta.

 

#Dica: Prefira profissionais formados em universidades renomadas.

 

A clínica precisa ser experiente e operar em hospitais

 

Um dos principais erros na hora de fazer a abdominoplastia é escolher uma clínica inexperiente, que não possui equipamentos e fornecedores de ponta, além de possuir um núcleo médico escasso.

 

Não é incomum vermos clínicas que contam com um cirurgião e uma secretária, sem ao menos ter uma equipe de anestesia para garantir a segurança da paciente na hora da cirurgia.

 

É por isso que, a experiência da clínica e uma estrutura completa para o pré-operatório é fundamental para uma boa operação. Então veja:

 

  • Se a clínica possui uma equipe vasta de cirurgiões;
  • Se a clínica conta com uma equipe própria de anestesista e oferece a Avaliação Pré-Anestésica;
  • E o mais importante: se ela opera em hospitais.

 

Não adianta nada a clínica ter anos de existência e ainda operar dentro da própria clínica ou de um consultório. Uma coisa é fato: você não faria uma cirurgia de vesícula, ou neurológica ou gastrointestinal fora de um hospital, o mesmo vale para uma cirurgia plástica.

 

Em clínicas há o maior risco de infecções e intercorrências graves, e tudo isso sem o suporte hospitalar necessário para garantir a sua segurança. Por isso jamais aceite ser operada fora de um ambiente hospitalar.

 

Veja se a clínica tem uma boa estrutura de pós-operatório

 

pos operatorio abdominoplastia riscos
Uma boa estrutura clínica é essencial para o sucesso na abdominoplastia.

 

Uma das etapas mais importantes para garantir a segurança e o resultado da operação é o pós-operatório. Contudo, essa fase inclui, em grande parte, a responsabilidade da paciente, além do suporte da clínica.

 

É claro que, pela paciente ter grandes responsabilidades durante a recuperação, é indispensável que a clínica ofereça uma boa estrutura para essa fase tão determinante.

 

Se a paciente é responsável por seguir as orientações médicas, a clínica é responsável por ter uma estrutura que ofereça:

 

  • Um canal de contato para urgências e emergências;
  • Uma equipe de enfermeiras especialistas e disponíveis para auxiliar em possíveis intercorrências;
  • Um canal de ouvidoria para, caso aconteça algo, a paciente tenha um lugar para ter seus problemas resolvidos;
  • Uma equipe de cirurgiões completa, uma vez que, se algo acontecer com seu médico, tenha outros especialistas prontos para te atender.

 

Infelizmente, grande parte das clínicas não possuem esses canais, o que torna a recuperação algo que pode causar um certo receio nas pacientes. Por isso, o ideal é que se pesquise bem a clínica na qual você irá realizar sua cirurgia, para que, quando chegue no pós-operatório, você tenha todo um suporte.

 

Confira os principais cuidados no pós-operatório que a paciente deve ter para garantir um bom resultado e segurança.

 

 

Confira se a clínica tem boas recomendações na internet

 

Hoje em dia NADA é escondido na internet.

 

E assim como nós buscamos avaliações de restaurantes ou pousadas para conhecer, é importante buscar quando o assunto é cirurgia plástica também. Logo, você se sentirá muito mais segura, sabendo com o que está lidando e, com certeza, evitará riscos na sua abdominoplastia.

 

Portanto, busque saber o que ex-pacientes acharam do cirurgião plástico, da clínica, do resultado, do pós-operatório, do atendimento.

 

E o que mais você quiser saber!

 

Geralmente, você encontra esse tipo de avaliação em sites como Google, ElogieAki, Facebook e Instagram. A Dream Plastic faz questão de divulgar o que suas pacientes acharam da clínica.

 

Para isso, temos o:

 

  • Google
  • ElogieAki
  • Grupo fechado de cirurgia plástica no Facebook

 

O nosso grupo é exclusivo para pacientes da clínica e mulheres que buscam pela cirurgia plástica.

 

Por lá, você conhece a experiência de mulheres que operaram com a gente, vê os resultados, opiniões sobre o atendimento, pós-operatório e muito mais!

 

Para participar, clique no botão abaixo, responda a todas as perguntas e envie sua solicitação!

 

Riscos da abdominoplastia

 

Os riscos da abdominoplastia devem te impedir de realizar o seu sonho?

 

quero fazer abdominoplastia tenho medo
O antes e depois da abdominoplastia é transformador.

 

Se você queria fazer a abdominoplastia, mas tinha medo, aposto que já se sente mais tranquila quanto a isso. Afinal, agora você conhece os riscos e como evitá-los.

 

Você já entendeu que fazer uma boa escolha da clínica e equipe médica, previne grande parte das complicações.

 

Portanto, se você…

 

  • Realmente se incomoda com a aparência da sua barriga
  • Se sente mal, triste e com pensamentos negativos
  • Morre de vontade de usar roupas que realçam o abdômen
  • Precisa da sua autoestima de volta
  • E, principalmente, está cansada de continuar vivendo assim

 

Nesses casos, os riscos da abdominoplastia não devem te impedir de realizar o seu sonho.

 

Mas, claro, para isso você precisa seguir as dicas e orientações dadas nesse texto.

 

Aliás, venha conhecer a Dream Plastic, afinal, somos a clínica referência, com mais de 1.700 avaliações no Google Reviews e com o maior número de elogios no ElogieAki.

 

Clique no botão do WhatsApp no topo da tela e marque uma conversa com um de nossos cirurgiões.

 

Conheça a nossa estrutura de pós-operatório e descubra o preço da sua abdominoplastia!

 

Esclareça suas dúvidas!

 

Gostou do artigo sobre abdominoplastia riscos? Que tal ajudar mais pessoas com este conteúdo, clique no link e ajude a divulgá-lo.


Instagram Plástica do sonho

Selo Google
Selo Instagram
Selo Elogieaki
Selo Facebook
Selo Top quality
 
MARQUE SUA CONSULTA POR WHATSAPP




Quer receber informações confiáveis sobre cirurgia plástica?

Faça como milhares de mulheres, cadastre-se agora e receba dicas de médicos especialistas!