Rinoplastia

A Rinoplastia é a cirurgia capaz de corrigir imperfeições e melhorar a harmonia e a estética do nariz. É uma das cirurgias mais procuradas no mundo inteiro. Isso porque ela corrige a aparência desproporcional do nariz, o que melhora a autoestima da paciente. Além disso, a Rinoplastia é capaz de melhorar a capacidade respiratória, proporcionando uma melhor qualidade de vida para quem a faz.
O ideal é realizar a Rinoplastia após os 18 anos. Isso porque, a partir dessa idade, as chances do nariz já estar desenvolvido são maiores. Quando a pessoa ainda está na fase de crescimento, há a possibilidade do nariz se desenvolver, mesmo que for um pouco, o que pode afetar o resultado final da cirurgia.
É possível disfarçar o nariz com moldes, exercícios, maquiagens e até óculos de sol. Porém, independente do tipo de nariz que você tenha, nenhum desses truques funcionam definitivamente. Afinal, moldes e exercícios são dolorosos, e podem até disfarçar por pouco tempo aquela “lombadinha” do nariz, mas logo ela retorna. Assim como, as maquiagens afinam de forma temporária e os óculos de sol podem disfarçar, mas só se você viver de óculos. A verdade é que só existe uma resposta para quem quer se livrar do incômodo com seu nariz de forma definitiva: cirurgia de Rinoplastia.
Alguns especialistas dizem que, para um nariz ser proporcional, ele deve ter um ângulo entre 104 e 108 graus. Porém, não é uma regra. Algumas pessoas podem achar que seu nariz é grande, mesmo que outras pessoas considerem ele proporcional ao rosto. Isso acontece porque a percepção de tamanho é diferente para cada um.
Os motivos mais comuns para fazer Rinoplastia são: tristeza e baixa autoestima por conta da aparência do nariz, dificuldade para respirar, carne esponjosa, rinite e sinusite. A cirurgia possibilita uma maior harmonia entre o nariz e o rosto, assim como melhora a qualidade de vida de pacientes que possuem dificuldades para respirar.
Não! Cada pessoa tem estruturas e limites diferentes, por isso, é impossível garantir um resultado igual ao de outra pessoa. A Rinoplastia é feita para deixar o seu rosto mais harmônico, por isso, ela deve ser pensada para você de forma especial.É comum que cheguem pacientes com fotos de resultados de Rinoplastias em famosos, querendo algo igual. Porém, é importante saber que isso não é possível.
Não, esses programas não têm a capacidade de mostrar um resultado real. Muitas vezes a paciente se ilude, acreditando na imagem criada. Não dá para medir o resultado da rinoplastia por meio desses aplicativos, já que cada organismo tem as suas limitações e características.
Haverá um pequeno desconforto nas primeiras semanas do pós-operatório. Isto se deve ao fato do inchaço também existir na parte interna do nariz. Além disso, o movimento de "válvula respiratória" fica prejudicado nesse período, por alteração da elasticidade das asas. Mas com o tempo a estrutura tende a normalizar-se.
Existem diversos tipos de Rinoplastia: rinoplastia estética, estruturada ou de aumento, rinoplastia de redução, rinoplastia funcional, reparadora, secundária e étnica.  Cada uma atende um tipo de nariz diferente. Por isso, quando uma Rino é realizada, é levado em conta o formato e as necessidades de cada nariz. Além disso, existem dois tipos de incisão nas Rinoplastias, a cirurgia aberta ou fechada, que vai ser escolhida de acordo com o que cada paciente necessita.
Os tipos de nariz mais comuns de sofrerem alterações são: Adunco, Romano, de Batata, Negroide, Asiático, Quebrado, Torto e o Grego. Já o nariz fino e arrebitado é o desejo da maioria das pessoas. Existe um tipo de nariz para cada rosto. Porém, muitas pessoas se sentem insatisfeitas com seu formato e, por isso, decidem modificar seu nariz através da cirurgia de Rinoplastia.
Existem alguns sintomas bem característicos de desvio de septo, como: dores de cabeça constantes, dificuldade para respirar pelo nariz, cefaleia rinogênica - aquela dor no nariz bem comum em episódios de rinite -, além do nariz torto. Porém, é preciso ficar atento e solicitar o Raio-X da região para ter certeza de que se trata de um desvio de septo. Caso seja necessário, o médico ainda pode solicitar um exame endoscópico para analisar os detalhes da região.
A Rinosseptoplastia é uma junção da Rinoplastia, cirurgia que visa corrigir os defeitos estéticos do nariz, e da Septoplastia, cirurgia que visa corrigir problemas estruturais no nariz. Por isso, a Rinosseptoplastia é perfeita para quem quer harmonizar o nariz e busca melhorar a sua qualidade de vida.
A cirurgia de Rinosseptoplastia é indicada quando a pessoa possui a respiração prejudicada pela cartilagem torta do nariz. Essa cirurgia também visa melhorar a estética do nariz, por isso, caso seu nariz seja torto, a Rinosseptoplastia também consegue corrigir o aspecto harmônico.
A cirurgia de Rinoplastia masculina é a mesma da feminina, o que muda são os traços nasais. Ou seja, enquanto nas mulheres o resultado é um nariz mais curvado, arrebitado e fino, nos homens o nariz é mais reto, mais largo e com a ponta mais baixa. O objetivo é preservar algumas características e evitar o aspecto falso.
A cirurgia de Alectomia promete reduzir a asa nasal, deixando o nariz mais harmonioso com o rosto. Porém, muitas vezes, é necessário mexer em mais de uma parte do nariz para se obter o resultado desejado. Por isso, a Alectomia tende a ser pouco vantajosa uma vez que ela só trabalha uma parte do nariz.
A cirurgia de Alectomia é indicada para pessoas que possuem as abas do nariz muito grandes. Ela é ideal para pessoas que estão insatisfeitas com o formato do seu nariz grande e se sentem infelizes ao se olhar no espelho.
Para fazer a cirurgia no nariz, é aplicada uma anestesia local com sedação ou uma geral, dependendo da complexidade da mesma. Após isso, é feita a incisão, que pode ser aberta ou fechada, o nariz então é remodelado e a incisão fechada. Para finalizar, são feitos curativos na região. A cirurgia de Rino dura entre 1h30 e 2h30, dependendo da dificuldade de cada.
A técnica de Rinoplastia aberta é feita a partir da incisão na columela, região entre as duas narinas, na base inferior. E então, duas incisões na parte interna das narinas. Após isso, o cirurgião ergue a pele para acessar a região da cartilagem, dessa forma ele consegue realizar ajustes precisos no formato do nariz. A técnica utilizada na cirurgia depende da complexidade da mesma.
A técnica de Rinoplastia fechada é feita através da incisão na parte interna do dorso do nariz. Essa incisão é feita em uma ou ambas as narinas, e será por meio delas que o cirurgião irá acessar a estrutura do nariz, passando, então, a esculpir o local com movimentos delicados. A técnica utilizada na cirurgia depende da complexidade da mesma.
Você pode ver alguns antes e depois das Rinosseptoplastia de famosos para se inspirar. Essa é uma cirurgia mais difícil de achar resultados na internet, por isso separamos alguns resultados para você conferir. No resultado da Rinosseptoplastia o que marca é a funcionalidade do nariz combinado com a estética.
A Segunda Rinoplastia é recomendada quando o paciente passa a ter problemas de respiração após a primeira cirurgia, quando não alcançou o resultado desejado ou se o nariz ficou com formato desigual ou deformidades. Também é indicada caso o paciente tenha sofrido algum trauma no nariz ou se o corpo não recebeu muito bem a cicatrização.
Nas primeiras semanas depois da Rinoplastia, é normal que, pelo inchaço, as narinas fiquem desiguais, mas com o tempo, a região tende a normalizar. Agora, se mesmo após a cicatrização a região continuar desigual, pode ser devido a uma cicatrização mais intensa em um dos lados, gerando uma pequena assimetria.
Se durante a cirurgia, a região da ponta não foi modificada, ela pode cair depois da Rinoplastia. Isso acontece devido às mudanças geradas na estrutura nasal, podendo causar a “queda” da pontinha do nariz. Agora, caso tenha sido feito um procedimento para arrebitar a pontinha do nariz, ela não vai cair, porque terá a sustentação necessária para se manter firme. É importante comunicar o cirurgião sobre esse receio.
A Rinomodelação é um procedimento a fim de corrigir imperfeições do nariz através da inserção de ácido hialurônico ou outras substâncias. É sugerido para quem quer fazer pequenas correções nasais, como empinar o nariz e disfarçar a giba nasal. Porém, essa técnica não promete grandes transformações.
A Rinomodelação pode trazer resultados mais discretos, mas eles duram pouco. Você terá que fazer o procedimento a cada 1 ou 2 anos para manter o resultado. Agora, até existem técnicas de Rinomodelação permanentes, porém elas não são indicadas, uma vez que seus resultados são imprevisíveis e podem trazer diversas complicações.
O Lifting de nariz é conhecido como Rinomodelação com fios, esse procedimento promete melhorar a estética nasal sem cirurgias. O Lifting nasal só consegue modificar a ponta e a asa do nariz. Nada mais além disso. Contudo, é um procedimento no qual não existe a certeza de bons resultados e, inclusive, torna o nariz mais suscetível à infecções e necroses.
A Bioplastia de nariz também é conhecida como Rinomodelação. Ela promete corrigir pequenas imperfeições no nariz, porém de forma discreta e temporária. Entretanto, não é um procedimento que é recomendado pela maioria dos cirurgiões, isso porque existem diversas complicações que podem acontecer, como necrose, infecções e até mesmo cegueira, se aplicada de forma errada.
O preço da Rinoplastia varia de acordo com diversas variáveis, como: o grau de complexidade do procedimento, os honorários médicos e o local de cirurgia. Todos esses pontos são levados em conta e falados após a consulta de avaliação médica. Contudo, você pode ver uma média de preços para a rinoplastia aqui!
A Rinoplastia pelo SUS é feita por médicos residentes, ou seja, recém-formados. Além da inexperiência dos médicos, o paciente ainda corre o risco de ter uma infecção hospitalar, uma vez que os procedimentos são feitos em hospitais-escola, que não possuem estrutura separada para enfermidades. O pós-operatório é padrão do SUS, ou seja, o acompanhamento intensivo e personalizado é mínimo. Isso tudo com a possibilidade de ficar anos na fila de espera.
Os cuidados pós-operatórios da Rino são muito importantes, é nessa etapa que o resultado é definido. Isto significa que é necessário seguir as recomendações à risca para ter um bom resultado na Rinoplastia. Alguns dos cuidados são:  
  • Evitar o sol pelos próximos 2 meses;
  • Evitar comidas quentes nas primeiras 24h;
  • Permanecer com o gesso no nariz pelas próximas 2 semanas;
  • Fazer a limpeza com soro fisiológico;
  • Evitar espirrar;
  • E, evitar fazer exercícios físicos.
Durante o pós-operatório da Rinoplastia é normal sentir mau cheiro. Geralmente é uma questão olfativa da paciente, ou até mesmo por conta do sangramento. Mas se o mau cheiro permanecer por muito tempo, é necessário procurar o cirurgião que te operou.
A dismorfia é um transtorno psicológico que causa a visão distorcida que uma pessoa tem de seu próprio corpo ou rosto. Ela acredita que possui algo que a deixa extremamente feia. A dismorfia está relacionada a baixa autoestima e é facilitadora de doenças como a depressão, bulimia e anorexia.
Não existe um perfil específico para a dismorfia. Da mesma forma que não existem exames laboratoriais que possam detectar a distorção de imagem. Por isso, para detectar a dismorfia corporal é necessário o acompanhamento psicológico. Caso você perceba que a sua aparência está controlando a sua vida, procure um médico.

 
MARQUE SUA CONSULTA POR WHATSAPP




Quer receber informações confiáveis sobre cirurgia plástica?

Faça como milhares de mulheres, cadastre-se agora e receba dicas de médicos especialistas!