Primeiro Passo para Uma Vida Inteira de Novas Conquistas

Ginecomastia: o que é, causas, graus, sintomas, cirurgia e muito mais!

Atualizado em 13/11/2023 11:34

A ginecomastia atinge cerca de 40% dos homens, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Apesar de não parecer, o aumento da mama em homens é comum. Tanto é que a cirurgia de ginecomastia corresponde a uma parcela bem expressiva de tratamentos cirúrgicos estéticos feitos.

Esse aumento na mama masculina, é motivo de constrangimento e desconforto para muitos homens, que passam a se sentir envergonhados com o seu corpo.

Por isso, é comum que muitos sofram com as mamas grandes, deixem de ir à praia, evitem relacionamentos, roupas que evidenciem a região, academias e até mesmo sair com amigos.

Mas, calma, se você passa por essa situação, a cirurgia de ginecomastia existe para solucionar esses problemas

Mas, será que esse procedimento é seguro e acessível?

É isso que você vai descobrir agora!

Fizemos um guia com TUDO que você precisa saber. Veja:

O que é ginecomastia?

A ginecomastia é o crescimento das mamas nos homens, devido a um aumento excessivo da glândula mamária. O desenvolvimento dessa glândula acontece quando há um desequilíbrio hormonal, com excesso da produção de estrogênio, hormônio feminino, no corpo masculino.

ginecomastia masculina
Veja como fica a glândula mamária.

Apesar de comum em mulheres, as glândulas mamárias podem, sim, crescer em homens. Isso depende de alguns fatores que você poderá conferir adiante!

O que causa ginecomastia?

As principais causas da ginecomastia são:

  • Obesidade;
  • Alterações hormonais;
  • Tumores;
  • Tratamentos como quimioterapia e radioterapia; 
  • Puberdade;
  • Uso de hormônios como esteróides anabolizantes;
  • Estresse;
  • Hipertireoidismo.
ginecomastia puberal
Saiba quais são as principais causas

Ginecomastia neonatal

Cerca de 60 a 90% dos bebês são afetados pelo aumento da mama, segundo dados publicados pela Pedipedia, enciclopédia pediátrica online. Ela acontece durante a gestação, com a passagem dos hormônios femininos da mãe, como a progesterona, para o bebê pela placenta. Geralmente, esse quadro tende a diminuir até o sexto mês de vida do bebê.

ginecomastia como identificar
Mama grande é comum em bebês.

Ginecomastia puberal

A ginecomastia puberal, também conhecida como ginecomastia em jovens, ocorre na adolescência, devido às alterações hormonais comuns desse período. Geralmente, é comum sentir o aumento de 0,5 cm no peito logo após os 10 anos de idade.

ginecomastia adolescencia
Ginecomastia em jovens também é comum.

Porém, a ginecomastia na adolescência costuma se manifestar com maior incidência a partir dos 14 anos. Cerca de 70% dos adolescentes apresentam aumento do peito.

A ginecomastia puberal some com quantos anos?

O aumento de mama em homens pode regredir espontaneamente até os 17 anos, dependendo da causa. Então, nesses casos, não há necessidade de adotar algum tratamento para a ginecomastia na adolescência.

Entretanto, uma boa parte dos rapazes não têm essa sorte. Pois, em alguns casos, o aumento das mamas só é realmente corrigido através de tratamentos de ginecomastia.

Ginecomastia senil

A ginecomastia senil, que também pode ser chamada de ginecomastia protogênica, é comum em homens acima dos 50 anos. Ela tende a acontecer devido ao baixo nível de testosterona e o aumento de estrogênio, hormônio feminino. Essas são alterações hormonais comuns nessa idade e podem influenciar no crescimento do peito.

ginecomastia protogenica
Este é outro caso de ginecomastia hormonal.

Aumento das mamas por obesidade 

O aumento do peito por obesidade pode ocorrer por dois fatores:

1º- Aumento da gordura localizada no peito, o que é chamado de lipomastia. 

2°- Aumento da glândula mamária devido à gordura corporal.

ginecomastia gordura
É o caso de pessoas acima do peso.

Quando o peito possui muita gordura, ele promove uma reação química no tecido gorduroso. Essa reação faz com que a testosterona (hormônio masculino) seja convertido em estrogênio (hormônio feminino).

Porém, consequentemente, o aumento do hormônio feminino levará ao aumento da glândula mamária, ou seja, à ginecomastia.

Portanto, quanto mais obesa for a pessoa, maiores as chances do aumento da glândula mamária.

Ginecomastia bilateral e unilateral

Existem dois tipos de ginecomastia masculina: a bilateral e a unilateral. A ginecomastia bilateral é caracterizada pelo aumento da glândula mamária nos dois peitos. Já a ginecomastia unilateral é quando existe o crescimento de apenas uma mama.

ginecomastia bilateral unilateral
Conheça os dois tipos

Graus de ginecomastia

O aumento das mamas pode ser classificado em 4 graus. Cada um dos graus tem um nível de intensidade diferente e requer um tipo de tratamento específico. Confira a seguir:

ginecomastia grau 1 2 3
Saiba como identificar cada grau

Ginecomastia grau 1

A ginecomastia grau 1 é a classificação mais baixa do crescimento da mama masculina. É identificada pelo aparente inchaço das aréolas, como se houvesse um botão no tecido glandular da região.

Com o tempo, esse volume de tecido glandular excedente, diminui. Ou pode-se optar por um tratamento com remédio para o aumento da mama masculina.

Ginecomastia grau 2

No grau 2 de ginecomastia, há tecido gorduroso na região do tórax, mas os limites das mamas não são visíveis. Por isso, pode se tratar apenas de um caso de lipomastia (excesso de gordura).

Ginecomastia grau 3

O grau 3 de ginecomastia, é caracterizado como grave. Pois, apresenta gordura, tecido glandular desenvolvido, além de flacidez e excesso de pele. Neste caso, o peito começa a ser percebido sob as roupas.

Ginecomastia grau 4

A ginecomastia grau 4 é o tipo mais avançado de aumento da mama em homens. Esse caso é caracterizado pelo aumento expressivo do peito com acúmulo de pele, ou seja, flacidez. Nesse momento a mama pode alcançar um tamanho próximo ao de uma feminina e se torna perceptível sob qualquer roupa.

Como saber se tenho ginecomastia? 

Para saber se você tem ginecomastia, basta analisar a aparência das suas mamas. Estar com as mamas grandes, doloridas, com caroço ou pedras na região, geralmente é um indício. Mas, para ter certeza, é imprescindível passar em uma análise com médico.

ginecomastia identificar
Diagnóstico

Normalmente, o médico solicitará um exame de ultrassonografia para saber o diagnóstico correto.

Qual médico trata a ginecomastia?

Os médicos que tratam a ginecomastia são:

  • Endocrinologistas;
  • Cirurgiões plásticos;
  • Mastologistas.
médicos tratamento ginecomastia
Médico

Na sua consulta, o médico fará uma série de perguntas para entender e avaliar a sua mama masculina, tais como:

  • A partir de que idade você notou o crescimento da mama?
  • O seu peito continua crescendo?
  • Quais medicamentos ou tratamentos você usa ou usou?

Além de observar os sintomas, o médico também poderá solicitar exames para conseguir identificar a causa do crescimento das mamas e indicar o tratamento correto.

Quais são os sintomas de ginecomastia?

Os sintomas de ginecomastia são:

  • Peito ou mamilo protuberante;
  • Glândula mamária masculina dolorida;
  • Vermelhidão no peito.
ginecomastia doi
Dor no peito

Peito ou mamilo protuberante

Nos homens com ginecomastia, desenvolve-se um tecido glandular em um ou nos dois peitos. Tal tecido fica localizado na região do mamilo.

A dica é analisar se a região está levemente mais volumosa, principalmente, os mamilos. 

Glândula mamária dolorida

A ginecomastia causa dor, especialmente ao tocar ou pressionar o peito. Pois, há uma sensibilidade presente na região ou nódulos atrás dos mamilos.

Vermelhidão

Sentir a região mais irritada e com secreção também é uma forma de saber se você tem ginecomastia.

Ginecomastia ou gordura?

O aumento das mamas masculinas pode ser causado pela ginecomastia ou gordura. Por isso, muitos homens ficam na dúvida sobre o que realmente possuem. A gordura no peito é comum em pessoas que estão acima do peso, diferente da ginecomastia, quem tem gordura peitoral não sente dores, a região fica apenas inchada.

Gordura vs ginecomastia
Saiba diferenciar

O aumento do peito masculino devido à gordura é chamado de lipomastia. Já quando o homem tem dores e se sente um tipo de “pedra” no peito, o diagnóstico é a ginecomastia.

Como diminuir a ginecomastia?

Para diminuir a ginecomastia, normalmente, o tratamento é feito em algumas etapas. Primeiro, o médico remove o fator de causa, para que a mama pare de progredir. Em seguida, dependendo do estágio da ginecomastia, podem ser indicados tratamentos com medicamentos. Se o tratamento não funcionar é recomendada a cirurgia para mama de homem.

como curar ginecomastia
Na maioria dos casos é necessário fazer cirurgia

Caso queira saber mais, temos um conteúdo sobre tratamentos de ginecomastia.

Quais cuidados ter antes da cirurgia de ginecomastia?

Antes de fazer a cirurgia de ginecomastia é necessário ter alguns cuidados, como por exemplo, a escolha do lugar da operação e cirurgião. Isso porque, esses fatores influenciam diretamente no resultado e segurança do procedimento.

1. A escolha do cirurgião plástico!

Procure um cirurgião plástico experiente, que esteja dentro desses requisitos:

Veja aqui como escolher o melhor cirurgião plástico

Médicos inexperientes e com resultados ruins no histórico podem trazer problemas para a cirurgia.

Aliás, na maioria das vezes são esses profissionais que cobram preços abaixo do mercado para a cirurgia. Como não se enquadram no requisito mínimo, tentam trazer clientes por meio de pagamento baixo. O que é errado, pode afetar seu resultado e bem-estar.

2. O local para fazer a cirurgia

Qualquer cirurgia deve ser feita em um hospital. Este é o único ambiente com equipe, estrutura e equipamentos adequados para procedimentos cirúrgicos.

local cirurgia
Hospital

Infelizmente, algumas clínicas e consultórios individuais fazem a cirurgia no próprio consultório médico. Porém, isso é perigoso, pois além de não ter toda estrutura necessária, traz maior risco de infecção para o paciente.

Por isso, só aceite fazer a redução das mamas masculinas em clínicas e consultórios que operam em hospitais.

3. Consulta com o médico anestesista (APA)

A consulta com médico anestesista serve para avaliar se o paciente está apto para a cirurgia. Fora isso, na consulta também é decidida a anestesia que será aplicada.

anestesista
Consulta com anestesista

Também, é uma oportunidade para o paciente tirar dúvidas sobre o procedimento, visto que deve acontecer dias antes da cirurgia.

Como é feita a cirurgia de ginecomastia?

A cirurgia de ginecomastia pode ser feita por diferentes técnicas. O método cirúrgico utilizado varia de acordo com a severidade do problema. Mas, todos envolvem um pequeno corte em forma de meia-lua na parte inferior da aréola. Em seguida, o cirurgião remove a glândula mamária com a ajuda de um bisturi.

ginecomastia procedimento
Veja o passo a passo da cirurgia

A cirurgia de ginecomastia pode ser realizada em pacientes a partir da adolescência, desde que apresentem boa saúde física e psicológica.

Nota:

Em mulheres a redução da glândula mamária não pode ser feita, visto que é por meio delas que é feita a produção do leite materno. Nos homens, não há esse problema, pois eles não têm a função de amamentar. Por isso, pode ser feita a retirada da glândula mamária. 

Prefira um médico anestesista experiente em cirurgia plástica. Neste caso, as técnicas utilizadas serão anestesia local ou peridural com sedação, que são menos invasivas e mais seguras.

A operação costuma durar em torno de 1 hora. Fizemos um vídeo mostrando como é a cirurgia. Veja aqui:

Outras técnicas cirúrgicas para diminuição do peito masculino

Em casos em que as glândulas mamárias não tenham tamanho exagerado, a remoção pode ser feita por meio de uma lipoaspiração. Inclusive, se houver gordura na mama também (lipomastia), essa técnica terá que ser aplicada. 

Nos casos em que as glândulas mamárias estejam bem desenvolvidas, a remoção terá de ser feita com um bisturi. Isso pode, ou não, ser associado com uma lipoaspiração para retirada de gordura.

ginecomastia lipoaspiracao
Veja o passo a passo da retirada de gordura e glândula mamária masculina.

Porém, quando as mamas estiverem muito desenvolvidas, a remoção da glândula mamária e do excesso de pele também pode ser necessária. 

Quem define qual cirurgia plástica de mamoplastia masculina você deve fazer é o cirurgião plástico, após avaliar seu peito.

Como é o pós-operatório da cirurgia de ginecomastia?

Após o procedimento de ginecomastia, o paciente deve adotar alguns cuidados durante a sua rotina em casa. Nos primeiros dias, é possível que o mesmo sinta o peito inchado. No entanto, o médico receitará alguns analgésicos e anti-inflamatórios para controlar o desconforto.

recuperação
Saiba o que fazer no seu pós-operatório

O retorno às atividades diárias se dá já nos primeiros dias, porém é preciso evitar qualquer esforço físico, pelo menos, durante as duas primeiras semanas. Já as atividades físicas, somente após um mês e com liberação médica.

O resultado começa a aparecer após o segundo mês. Mas claro, se você estiver seguindo à risca todas as orientações para o seu pós-operatório.

Por isso, logo antes de escolher um local para fazer a cirurgia, certifique-se que a clínica escolhida dará um bom suporte no seu pós-operatório, para que você tire suas dúvidas e seja bem atendido.

Você deve escolher um local que entregue:

  • Equipe de enfermagem;
  • Serviços de urgência e emergência 24h;
  • Ampla equipe de cirurgiões e médicos anestesistas especializados em cirurgia plástica;
  • Central de atendimento via telefone, para que o paciente possa tirar dúvidas no pós sem precisar sair de casa;
  • Estrutura completa para pré e pós-operatório;
  • Equipamentos de alta qualidade.

Antes e depois

O antes e depois da ginecomastia é visível após a recuperação completa da cirurgia. O peito é reduzido e a aparência de um peitoral masculino retorna. Além disso, as dores e os desconfortos em volta da mama também são eliminados.

ginecomastia resultado
Veja como é o resultado da operação

Você pode ver alguns resultados de antes e depois da cirurgia aqui!

Qual o preço da cirurgia?

O preço da cirurgia de ginecomastia varia entre cada paciente. Isso porque, o valor tende a mudar dependendo da necessidade da pessoa, da complexidade do procedimento, do local onde a cirurgia será realizada e da experiência do médico. Por isso, para saber o preço exato é necessário passar em consulta com um cirurgião.

valor da cirurgia
Preço da cirurgia

Para que você possa ter uma ideia de valor, analisamos a média de preço das principais clínicas e consultórios de cirurgia plástica de São Paulo. Confira aqui a média de preço e saiba até quanto você pode ter que investir nesse procedimento.

Lembrando que o preço não é o único fator que você deve analisar ao escolher uma clínica. Qualidade, segurança, profissionalismo e estrutura são condições essenciais que você deve avaliar.

Onde fazer a cirurgia de ginecomastia em São Paulo?

Para fazer a cirurgia de ginecomastia procure uma clínica que realize as suas operações em hospitais e tenha profissionais com bons resultados e experiência. Na Dream Plastic oferecemos isso e ainda damos suporte completo no pós-operatório para todos os pacientes.

clinica ginecomastia sp
Dream Plastic

Temos um Disk Enfermagem 24h, para você ligar e tirar todas as suas dúvidas sempre que precisar e oferecemos formas de pagamentos facilitadas para a cirurgia como 18x no cartão.

Não é à toa que somos a clínica de cirurgia plástica mais bem recomendada:

Google Review Dream Plastic
Google Review – Dream Plastic

E então, quer fazer a cirurgia de ginecomastia e conquistar o peito masculino novamente? Marque uma consulta com um de nossos cirurgiões e tire suas dúvidas!

Basta clicar no ícone do WhatsApp!