Bem-vinda à DREAM PLASTIC
Clínica referência em Cirurgia Plástica Especializada SP
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Anestesia em Cirurgia Plástica: saiba como evitar riscos!


anestesia cirurgia plastica

 

A anestesia em cirurgia plástica tem uma função fundamental. Ela permite que a paciente passe pelo procedimento de forma confortável, com segurança e sem dor. Porém esse assunto costuma ser temido pelas pessoas e gera polêmica sobre os riscos que traz.

Para você, a anestesia em cirurgia plástica gera muitas dúvidas?

A pessoa mais indicada para esclarecer as questões sobre esse assunto é o anestesista. Ele é quem avalia as condições clínicas da paciente e permite ou não que ela seja operada.

Você vai ver a seguir:

  • Anestesia em cirurgia plástica
  • A importância da Avaliação Pré-anestésica (APA)
  • O papel do médico anestesista durante a cirurgia

 

Anestesia em cirurgia plástica

 

Assim como você espera encontrar o melhor cirurgião plástico de SP, você também tem que procurar pelo melhor anestesista.

A segurança e o sucesso da cirurgia se dão pela junção desses dois profissionais. Por isso, fuja de clínicas que não oferecem uma avaliação Pré-Anestésica e, até mesmo, que não tenham uma equipe de anestesistas interna.

 

Avaliação Pré-Anestésica (APA)

 

riscos anestesia geral

 

Esse é o momento ideal para você ter uma explicação sobre os riscos da anestesia geral ou sobre qual é a técnica utilizada no procedimento cirúrgico que você vai fazer.

A Avaliação Pré-Anestésica é uma consulta obrigatória que deve ocorrer antes da cirurgia. A paciente deve exigir e agendar, mesmo que já tenha passado por uma consulta com um cirurgião plástico.

Aprovada em 2006, a APA deve ser realizada alguns dias antes da data do procedimento cirúrgico.

Na consulta, o médico vai avaliar:

  • As condições clínicas da paciente
  • Seu uso de remédios
  • As alergias que ela apresenta

 

O profissional também vai te orientar com relação aos procedimentos pré-operatórios.

Você deve saber que a Avaliação Pré-Anestésica é um dever do anestesista, regulamentada pela resolução 1802 do Conselho Federal de Medicina (CFM).

As clínicas que não oferecem esta avaliação estão infringindo a legislação médica e adotando uma conduta antiética.

Por isso, exija o seu direito! É extremamente importante procurar um anestesista para obter as orientações sobre a cirurgia plástica.

 

O Anestesista durante a cirurgia

 

anestesia cirurgia plastica mama

 

No entanto, a participação do anestesista não termina com a APA. Durante a cirurgia, ele é o responsável por monitorar e controlar os sinais vitais da paciente.

O profissional irá escolher a melhor técnica anestésica a ser aplicada. De acordo com o Dr. Fabrício dos Santos Veloso, Diretor Clínico da Dream Plastic e Mestre em Anestesiologia pela Universidade de São Paulo (USP).

As técnicas podem ser divididas em quatro tipos principais:

  • Local
  • Raquidiana
  • Geral
  • Peridural

 

Quer saber a diferença entre as quatro técnicas? Confira em: Anestesia peridural para cirurgia plástica e os demais tipos de anestesia.

 

 Qual a diferença entre as técnicas anestésicas?

 

Qual a diferença entre as técnicas anestésicas?

 

  • Local com sedação

É indicada para procedimentos superficiais e de curta duração.

“É uma técnica similar à aplicada pelos dentistas. Assim, ela é ideal para cirurgias faciais.”, resume o Dr. Fabrício. 

 

  • Raquidiana

É mais realizada em procedimentos de membros inferiores ou na região intra-abdominal.

“Ela permite que se obtenha a anestesia sensorial e motora abaixo do abdômen. Esta opção dificilmente é indicada para cirurgias plásticas.”, explica o especialista. 

 

  • Geral

Esta opção oferece mais riscos para a paciente, possibilitando o aparecimento de trombose venosa profunda, por isso deve ser evitada sempre que possível.

“Esta técnica é caracterizada pelo coma induzido com medicamentos e o uso de ventilação mecânica por meio de respirador”, explica o Dr. Veloso.

 

  • Peridural

De acordo com o Dr. Veloso, a melhor opção para substituir a geral é a peridural, usada frequentemente em partos.

Na peridural, o médico utiliza medicamentos de anestesia local e de sedação. Essas substâncias combinadas permitem que a sensibilidade de determinada região do corpo seja bloqueada, atingindo-se o efeito necessário para uma cirurgia segura e sem dor.

As vantagens de optar pela peridural:

  • Reduz a chance de ocorrência de trombose venosa profunda
  • Apresenta recuperação pós-operatória e alta hospitalar mais rápida
  • Tem um controle de dor mais eficaz.

 

Os médicos preferem utilizar a anestesia peridural para cirurgia plástica. Assim, se o anestesista consultado sugerir outro tipo, você deve questioná-lo quanto à possibilidade de usar a peridural.

 

 

Se você deseja marcar sua consulta em uma clínica que tem uma equipe interna de anestesistas e cumpre a lei da consulta pré-anestésica. Ligue, agende a sua consulta e conheça profissionais especializados.

Marque consulta anestesia cirurgia plastica

 

 

Gostou do artigo sobre anestesia em cirurgia plastica? Que tal compartilhar e ajudar mais pessoas?

Clique no link e ajude a divulgá-lo. 

Facebook

 

 

 

MARQUE SUA CONSULTA POR WHATSAPP

Facebook Dreamplastic

Receba Nossa Newsletter – #ficadica Dream Plastic

Fique por dentro de todas as novidades sobre Cirurgia Plástica, cuidados com sua beleza e os assuntos que mais bombaram nas redes sociais







Diretor Técnico Dr. Flavio Garcia – CRM-SP 104.850

Cirurgias de Mama