Mastopexia

A Mastopexia é a cirurgia para remover a flacidez das mamas. É o único procedimento capaz de levantar os seios e trazer um aspecto mais firme à região. Esse procedimento também pode ser realizado com a inserção de próteses de silicone, deixando os seios maiores e modelados.
A cirurgia para levantar os seios é ideal para quem tem seios flácidos, sejam eles pequenos ou médios. Além disso, ela também é indicada para pessoas que, por conta dos seios caídos, sofrem com a baixa autoestima, problemas para se relacionar e, em alguns casos, de saúde física. Uma vez que seios flácidos podem causar bromidrose (suor nas mamas) e problemas na coluna.
Existem 5 tipos diferentes de Mamoplastia, então é comum surgir a dúvida na hora de decidir qual é a Mamoplastia ideal para você:  
  • A Mamoplastia de Aumento é ideal para quem quer turbinar os seios
  • A Mamoplastia sem prótese é perfeita para quem quer apenas levantar as mamas
  • A Mamoplastia Reparadora é ideal para reparar algo que causa limitações ou que prejudicam o corpo da mulher
  • A Mamoplastia Redutora é perfeita para quem quer reduzir o tamanho das mamas
  • E, por fim, a Mamoplastia Redutora de mamas gigantes, é indicada para mulheres com excesso de peso nos seios.
Existem diversos motivos que podem causar os seios caídos. Em geral, as mamas ficam flácidas por conta da falta de firmeza e elasticidade na pele, que acontece com o passar dos anos. Outros motivos comuns são: a gravidez, a perda e ganho de peso (o famoso efeito sanfona) e as alterações hormonais.
Há diversos tratamentos que prometem levantar a mama. Inúmeros cremes, exercícios e procedimentos estéticos que prometem ajudar a firmar as mamas. Mas, a grande verdade é que não existe nenhuma comprovação cientifica de que esses métodos funcionem. E, quando funcionam, seus resultados são muito discretos. Por isso, a única forma de acabar com a flacidez nas mamas de forma definitiva é a cirurgia de Mastopexia.
Existem dois tipos de cirurgia para levantar as mamas: Mastopexia com Prótese e Mastopexia sem Prótese. A Mastopexia tradicional é feita apenas para remover a flacidez dos seios. Ou seja, não utiliza a prótese de silicone para modelar e aumentar o volume. Porém, as mulheres com mamas pequenas, mas flácidas, preferem fazer uma Mastopexia com Prótese. Assim, além de resolver o problema das mamas caídas, também aumentam o tamanho dos seios e preenche o colo.
A Mastopexia com Prótese é a cirurgia indicada para quem quer remover a flacidez das mamas e ainda ficar com os seios turbinados e durinhos. Logo, a cirurgia serve para você, que quer aumentar o volume dos seios e deixá-los firmes e redondos. A prótese deve ser colocada abaixo do músculo, uma vez que, pela paciente já ter tendência a ter seios caídos, o peso da prótese quando colocada por cima do músculo, pode ajudar na queda das mamas.
A Mastopexia sem Silicone é a versão clássica da cirurgia. Ela é ideal para quem quer somente remover a flacidez e levantar os seios. É verdade que, pela retirada da pele flácida, os seios podem aparentar ser menores do que antes da cirurgia. Por isso, se você quer levantar as mamas e deixá-las firmes, mas não quer aumentar o volume dos seios, a Mastopexia é a cirurgia ideal para você.
As mamas ficam firmes e levantadas, sem aquela pele murcha característica da flacidez. E, caso você faça a cirurgia com implantes de silicone, os seios também ficaram durinhos e com o colo bem marcado. Perfeito para usar em um belo decote. Os resultados da Mastopexia também incluem a transformação física e emocional. Uma vez que, ao eliminar a flacidez e levantar as mamas, a paciente passa a se sentir mais feliz e satisfeita com seu corpo.
O tamanho da cicatriz da Mastopexia vai depender da quantidade de pele que será removida. Além disso, existem 4 formatos com diferentes indicações seguira aparência final da cicatriz vai depender de 2 fatores: das orientações médicas de pós-operatório e da sua predisposição genética. Em muitos casos, a cicatriz pode ficar imperceptível. No link acima você vai conhecer os formatos de incisão e os cuidados com a  cicatriz da Mastopexia.
Sim! O nome da cirurgia que trata o mamilo invertido é a Mamiloplastia. Ela não só coloca o bico do peito para fora, como também reduz o tamanho do mamilo em casos em que a paciente se sinta incomodada com o tamanho do bico. É uma cirurgia bem simples, e geralmente é feita em conjunto com outras cirurgias de mama, como a Mastopexia.
De forma geral, SIM! É possível alinhar a cirurgia de mamilo invertido com a de remoção de flacidez. Aliás, é bem comum que as pessoas optem por realizar a cirurgia de mamiloplastia junto com uma mamoplastia, já que o valor praticamente não sofre alterações. Mas, para realizar a cirurgia combinada, é necessário passar em avaliação médica e verificar se seu mamilo pode ser operado.
A cirurgia de redução de aréola é bem comum de ser feita em conjunto com a Mastopexia. Isso porque, a incisão da cirurgia de redução de flacidez dos seios é em volta da aréola. Então, já é mais fácil realizar a Areoloplastia durante a cirurgia de Mastopexia.
O Lifting de Mama com fios, teoricamente, é capaz de levantar os seios e eliminar a flacidez. No procedimento são inseridos fios de diferentes composições, com o objetivo de formar contraturas que farão a pele retrair. Porém, o Lifting de Mamas com fios não é indicado, já que pode deixar as mamas assimétricas e causar infecções.
A Mama Acessória é uma condição comum que ocorre nas mulheres. Essa condição se trata de tecido mamário que ficou fora do lugar esperado. O que, geralmente, aparece nas axilas, com uma forma muito parecida com excesso de gordura na região. Assim como as mamas “normais”, a Mama Acessória pode sofrer com os sintomas pré-menstruais, ficando dolorida e inchada. Por isso, caso ela te incomode, é indicado à remoção.
Sim! É possível realizar a cirurgia de Mama Acessória em conjunto com a Mastopexia. Mas, para isso, você precisa de uma indicação médica. Ao fazer uma avaliação com um de nossos cirurgiões plásticos especialistas, você poderá tirar suas dúvidas, receber uma indicação e o orçamento exato das cirurgias. Saiba mais sobre a terceira mama no nosso guia completo sobre a Polimastia!
O preço da Mastopexia vai variar de acordo com a avaliação do doutor no dia da consulta. Existe um preço médio para a Mastopexia, mas o valor final é decidido de acordo com alguns fatores. No link você pode ter uma base de quanto custa para se programar para sua cirurgia de Mastopexia.
Existe uma possibilidade, mas somente quando o caso é considerado como uma necessidade física da paciente. Ou seja, a paciente precisa fazer alguns exames para comprovar a necessidade do procedimento. Caso seja constatado que a Mastopexia é essencial na vida da paciente, ela entra para uma fila de espera. Que, infelizmente, pode levar anos. Além disso, a Mastopexia pelo SUS é realizada em hospitais escola, com o objetivo de servir de aprendizado aos médicos residentes.
Os seios podem voltar a cair após a Mastopexia. Isso ocorre por diversos fatores, como: uma nova gravidez, a amamentação, ganho e perda de peso, idade ou até mesmo pelo efeito da gravidade. Nesses casos, é indicada a realização de uma Mastopexia Secundária. Ah! Vale ressaltar que, o silicone colocado por cima do músculo pode incentivar a queda das mamas.
A recuperação da Mastopexia é, no geral, tranquila. No momento do pós-operatório é importante seguir à risca todas as recomendações médicas, como: não levantar os braços acima dos ombros nos primeiros dias, dormir de barriga para cima e manter o sutiã cirúrgico durante o tempo recomendado. Acesse o link para conhecer o tempo de pós-cirúrgico, o que pode e não pode fazer  na recuperação da Mastopexia!

 
MARQUE SUA CONSULTA POR WHATSAPP




Quer receber informações confiáveis sobre cirurgia plástica?

Faça como milhares de mulheres, cadastre-se agora e receba dicas de médicos especialistas!