Bem-vinda à DREAM PLASTIC
Clínica referência em Cirurgia Plástica Especializada SP
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...


Ginecomastia


Tempo de leitura: 3 minutos
A ginecomastia é o crescimento das mamas nos homens. Muitas vezes, esse volume fora do comum não é sinal de gordura, mas sim de um aumento excessivo da glândula mamária. Para entender mais sobre Ginecomastia, clique aqui
O desenvolvimento da Ginecomastia é bem comum na puberdade, entre os 13 e 15 anos de idade. Quando o adolescente passa pela fase de desenvolvimento e há um desequilíbrio da testosterona em relação à quantidade de estrogênio. Portanto, o crescimento de mama em homens pode atingir os garotos com excesso de peso ou não. Mas a mama costuma regredir espontaneamente até os 17 anos.
Geralmente, o aumento da mama acontece nos dois seios masculinos. Porém, em alguns casos pode causar a Ginecomastia Unilateral. Ou seja, um lado fica maior do que o outro. Uma coisa é certa, tanto a Ginecomastia Bilateral quanto a Unilateral, tem a mesma causa: o desequilíbrio hormonal das glândulas mamárias.
Ginecomastia causas podem estar relacionadas com as alterações hormonais, o uso de alguns medicamentos com hormônios femininos ou anabolizantes. Cuidado! O uso contínuo da medicação Finasterida pode causar Ginecomastia. A gordura no peito para os casos de obesidade também deixa o peito em homem mais volumoso. Mas, essa característica de peito de gordo não é considerado como Ginecomastia.
É necessário observar alguns sintomas de crescimento das mamas nos homens. Por exemplo, identifique se a região está volumosa por questões de ganho de peso ou se, realmente, há excesso de glândula mamária na região. Outro ponto é analisar se a região está dolorida, especialmente ao tocar e pressionar o peito.
Para identificar qual é o melhor tratamento de Ginecomastia, o cirurgião plástico classifica a mama em três graus de complexidade. Ginecomastia grau 1: aumento pequeno, principalmente na região das aréolas, como se houvesse um botão no tecido glandular da região. Grau 2: aumento moderado, com tecido gorduroso na região do tórax. Grau 3: grande aumento da mama, pois apresenta gordura e tecido glandular, além de flacidez e excesso de pele.
A Ginecomastia em graus leves não requer tratamento, pois a regressão quase sempre acontece em até 1 ano. No caso de gordura no peito, o médico indica uma lipoaspiração para remover o tecido gorduroso. A Cirurgia de Ginecomastia é indicada para aquelas mamas que apresentam gordura e tecido glandular, além de flacidez e excesso de pele.
É possível, sim! No caso da Ginecomastia Puberal, que ocorre na adolescência, nem sempre é necessário adotar um tratamento, pois o aumento das mamas tende a desaparecer com o tempo. Além disso, existem alguns exercícios que ajudam a reduzir a gordura da região, porém o excesso de glândula mamária só pode ser eliminada com a Cirurgia Plástica.
Se o médico avaliar que é possível reverter o crescimento da mama com medicamentos, então ele indica um tratamento para regular os hormônios. Um exemplo de remédio para Ginecomastia é aquele com efeito antiestrogênico, que bloqueia os hormônios femininos. Porém, em alguns casos somente a Cirurgia de Ginecomastia é capaz de resolver o problema.
Se o procedimento for uma lipoaspiração, as cicatrizes são bem pequenas, com 0,5 cm em média. Já na Cirurgia de Ginecomastia, que exige a retirada de tecido mamário, é feito um corte na região da aréola. E, a cicatriz fica bem discreta, quase imperceptível. Veja aqui os principais cuidados para o pós-operatório de Ginecomastia
O preço da Cirurgia de Ginecomastia só é informado depois de uma consulta presencial com o médico especializado. Isso porque o cirurgião precisa avaliar qual o Grau de Ginecomastia e se será necessário combinar o procedimento com uma Lipoaspiração.
MARQUE SUA CONSULTA POR WHATSAPP

Facebook Dreamplastic

Receba Nossa Newsletter – #ficadica Dream Plastic

Fique por dentro de todas as novidades sobre Cirurgia Plástica, cuidados com sua beleza e os assuntos que mais bombaram nas redes sociais







Diretor Técnico Dr. Flavio Garcia – CRM-SP 104.850

Cirurgias de Mama