1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)


Sol e saúde


Esclareça suas dúvidas!

Sol e Saúde

Câncer de pele e envelhecimento precoce são, sem sombra de dúvida, os maiores vilões de uma pele saudável. Com a descoberta do buraco na camada de ozônio há cerca de 30 anos atrás, cientistas identificaram que os raios ultravioletas emitidos pelo sol deixam de ser filtrados, provocando assim inúmeras doenças.

Estima-se que a cada 1% de perda da camada de ozônio, 50 mil novos casos de câncer de pele e 100 mil novos casos de cegueira causados por catarata surgem em todo o mundo.

Entretanto, quando a palavra de ordem é equilíbrio, os benefícios trazidos pela exposição ao sol podem até mesmo superar os males causados pelo astro-rei.

A vitamina D é um nutriente que favorece a absorção de cálcio, fundamental para o desenvolvimento dos ossos e dentes. Ela também atua no sistema imunológico, na manutenção do ritmo cardíaco e na secreção de insulina. Pouco encontrada em quantidades satisfatórias nos alimentos, é justamente através da luz solar que ela é metabolizada pela pele. Alguns estudos comprovam a relação benéfica da vitamina D na prevenção de diabetes tipo 2 e alguns tipos de câncer, como os de mama, próstata, intestino e pulmão.

Para usufruir de todos os benefícios oferecidos pelo sol, bastam alguns cuidados. O filtro solar deve ser item obrigatório no nosso dia a dia, pois é ele quem protege a pele dos danos causados pelos raios ultravioletas.  Na hora de escolher o melhor produto, é preciso levar em consideração a cor e o tipo de pele.  Para aqueles que justificam o não uso com a afirmação de que protetores favorecem o aparecimento de acne, há produtos livres de óleo, específicos para peles oleosas e mistas. Também é importante lembrar que o horário ideal para os banhos de sol é antes das 11h e depois das 16h, sempre com o uso do filtro solar.

Já aqueles que querem aproveitar o verão para deixar a pele bronzeada, é importante ter em mente que o bronzeamento acontece de forma gradativa. Ou seja, evite ficar exposto durante várias horas em um mesmo dia. Use chapéus, guarda-sóis e barracas de praia para se proteger e evitar queimaduras.

E quem fez cirurgia plástica, quais os cuidados com o sol?

Essa é uma dúvida frequente entre os pacientes recém-operados. A recomendação para quem fez algum procedimento cirúrgico é um pouco diferente, pois se deve evitar a exposição direta por pelo menos 30 dias. Com a exposição solar, as cicatrizes tendem a ficar escuras e as equimoses – manchas arroxeadas provenientes da própria cirurgia – podem se tornar permanentes.  Isso acontece devido ao ferro presente no sangue, que se concentra na mancha e que, com a ação do sol, marca a pele.

Quem se expõe ao sol logo após alguma intervenção cirúrgica pode sentir maior inchaço e latejamento no local, devido à vasodilatação (aumento dos vasos sanguíneos) que o calor provoca.  Após 30 dias da cirurgia, os banhos de sol devem ser moderados e em todos os casos o protetor solar é indispensável.

Esclareça suas dúvidas!


 
MARQUE SUA CONSULTA POR WHATSAPP




Quer receber informações confiáveis sobre cirurgia plástica?

Faça como milhares de mulheres, cadastre-se agora e receba dicas de médicos especialistas!