1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...


O inimigo das estrias


Esclareça suas dúvidas!

Estar bem consigo mesma e com a autoestima elevada, é o que toda mulher deseja, principalmente, pelo fato de que, nos dias de hoje, a beleza e a boa aparência são extremamente valorizadas. Por isso, sentir-se bela ao se olhar no espelho não tem preço.

Entretanto, por trás de tudo isso, existe um problema que incomoda e muito as mulheres (independente da etnia ou faixa etária). Muitas se sentem inibidas e mudam seus hábitos sociais e afetivos para esconderem essa “marquinha” tão incômoda.artigo

Com a possibilidade de estarem presentes em qualquer parte do nosso corpo, as estrias se manifestam principalmente nas áreas sedutoras das mulheres (glúteos, seios e abdômen). O seu aparecimento se dá quanto ocorre um estiramento muito rápido da pele, e as fibras de colágeno e elastina (responsáveis pela sustentação e elasticidade), não suportam e rompem.

Pessoas que cresceram demasiadamente durante a puberdade, que já passaram por alguma gestação ou sofrem com o “efeito sanfona” (emagrecer e engordar constantemente), certamente estarão sujeitas às incômodas estrias.

O que no início é apenas uma pequena linha avermelhada, com o passar do tempo torna-se uma marca esbranquiçada e com uma espécie de “depressão”. Por esse motivo, o tratamento para estrias recentes é mais brando e responde mais rapidamente.

Contudo, sejam elas novas ou antigas, o procedimento que pode amenizar e até mesmo acabar de vez com o problema das estrias, é o Striat.

Na verdade, esse tratamento carrega o nome do instrumento que é utilizado no processo. O chamado “Striat” é um aparelho que emite corrente contínua com a intenção de provocar um processo inflamatório, este estimulado pela pequena agulha localizada na ponta do aparelho. Dessa forma, o tecido produzirá maior quantidade de colágeno até se regenerar.

A inflamação provocada pela corrente não possui efeito sistêmico e é absorvida em um período que varia de 2 a 7 dias, o que limita o tratamento a apenas uma aplicação semanal.

Vale ressaltar que, para quem possui pele mais grossa, é necessário fazer uma esfoliação no local a ser tratado, no intuito de melhorar a recepção da pele perante o tratamento.

Em relação ao resultado do procedimento, este irá depender de uma série de fatores, tais como, tamanho das estrias, tempo que estão presentes no corpo e a coloração, como ressaltado anteriormente.

Como existem graus no tamanho e aspecto das estrias, é muito importante passar por uma avaliação com um profissional qualificado, já que, somente um especialista poderá indicar a melhor forma de tratamento e a quantidade de sessões, de acordo com seu caso.

Graças aos avanços tecnológicos, o que antes parecia uma marca irreversível, hoje pode ser bastante amenizada ou até completamente eliminada. O Striat surge como um dos tratamentos mais eficazes contra as estrias e será o grande aliado da mulher brasileira.

Esclareça suas dúvidas!


 
MARQUE SUA CONSULTA POR WHATSAPP




Quer receber informações confiáveis sobre cirurgia plástica?

Faça como milhares de mulheres, cadastre-se agora e receba dicas de médicos especialistas!